[Resenha] Flor da Pele - Javier Moro | Minha Vida Literária
29

jul
2016

[Resenha] Flor da Pele – Javier Moro

flor-da-pele-minha-vida-literaria

Título: Flor da Pele
Autor: Javier Moro
Editora: Planeta
Número de Páginas: 432
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonSubmarinoTravessa

Estamos no início do século XIX, e a varíola, também conhecida como flor negra
pelas marcas que deixa na pele daqueles que são infectados, é a doença mais temida do mundo. Não há rico ou pobre, criança ou velho, que esteja a salvo. Ao menos até pesquisadores começarem a testar um método ousado, porém eficaz, que consiste em provocar infecções atenuadas em pessoas saudáveis, tornando seus organismos resistentes ao mal. É nesse momento que uma jovem mãe solteira, Isabel Zendal, torna-se a primeira enfermeira da história numa missão internacional. Acompanhada por vinte e duas crianças com idades entre três e nove anos, ela parte rumo aos territórios espanhóis no além-mar para levar a recém-descoberta vacina da varíola à populações pobres. A expedição é liderada pelo médico Francisco Xavier Balmis e por seu ajudante, Josep Salvany, que enfrentarão a oposição do clero e a corrupção de autoridades locais e também disputarão o amor de Isabel. A história real de amor e coragem de Isabel Zendal, à qual o best-seller Javier Moro teve acesso após ampla pesquisa, é retratada neste romance com a mesma riqueza de detalhes e delicadeza de outros sucessos do autor, como Paixão índia e O sári vermelho.

Flor da Pele é um livro repleto de atrativos para quem gosta de romances históricos. Primeiro porque abarca questões históricas marcantes e intensas; segundo, essas questões foram dispostas na narrativa de maneira muito cativante, detalhada e realista.

flor-da-pele-minha-vida-literaria1

Em novembro de 1803, um navio parte do porto de La Coruña para uma expedição que, para muitos, não passa de loucura. Nele, viajam vinte e dois órfãos com a responsabilidade de transmitirem para o novo mundo a recém-descoberta vacina da varíola. Quem os guia é Isabel Zendal, jovem enfermeira que integra o time comandado pelo médico Francisco Xavier Balmis, e seu ajudante, Josep Salvany.

Em um contexto marcado pelas dificuldades impostas pela Igreja e pela corrupção das autoridades locais daqueles que queriam fazer dinheiro a custa dos necessitados, essa equipe, que teve como protagonistas as crianças e o empenho de Isabel e dos comandantes, foi reconhecida como uma das maiores conquistas humanitárias da história.

flor-da-pele-minha-vida-literaria2

Com a narrativa em terceira pessoa, o autor demonstra ter realizado um trabalho de pesquisa muito bem sucedido em Flor da Pele, já que, ao contar a história da varíola, ele nos fornece detalhes sobre o contexto histórico, social e político da época.

Um dos principais aspectos que me chamou a atenção em Flor da Pele foi o fato de também conhecer um pouco da história de Isabel, considerada a primeira enfermeira da história numa missão internacional. Uma mulher forte e guerreira, que desde a infância passou por inúmeras dificuldades, mas demonstrou muita firmeza ao longo de todas elas.

flor-da-pele-minha-vida-literaria3

Acredito que Flor da Pele será interessante para quem aprecia essa submersão em determinadas épocas marcantes para a história das sociedades. Longe de ser superficial, o livro apresenta detalhes e curiosidades de um tempo difícil e incerto, mas importante de ser conhecido.





Deixe o seu comentário

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por