[Resenha] Pecados no Inverno - Lisa Kleypas | Minha Vida Literária
29

ago
2016

[Resenha] Pecados no Inverno – Lisa Kleypas

pecados-no-inverno-lisa-kleypas-minha-vida-literaria

Título: Pecados no Inverno
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 288
Data de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ Americanas ♥ Saraiva ♥ Submarino

Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução… ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.

Entre os livros da série As Quatro Estações do Amor, Pecados no Inverno era o que mais tinha me deixado ansiosa para ser lido, graças tanto aos comentários sobre esse ser um dos melhores da série quanto por seu prólogo já ter sido incluído na edição do livro anterior e ter me deixado estupefata por sua premissa.

pecados-no-inverno-lisa-kleypas-minha-vida-literaria1

Como a ideia da série é a de narrar a história de cada uma das quatro amigas em busca de um casamento, aqui temos a de Evie, a mais tímida entre elas. Criada pelos tios, já que sua mãe é falecida e seu pai é dono de um clube para homens, de forma a não poder oferecer a ela a melhor das educações, ela sofreu com uma criação extremamente rígida e abusiva, o que influenciou diretamente em sua personalidade e nunca permitiu a ela contar a alguém sobre os maus-tratos vivenciados. Agora, com seu pai à beira da morte, tudo o que ela deseja é passar os últimos dias com ele – algo impossibilitado pelo controle exercido por seus tios. Dessa maneira, ela precisa se casar para se ver livre da família opressora, e vai em busca justamente da última pessoa considerada como um marido ideal: St. Vincent, o maior libertino da sociedade – alguém desesperado para conseguir melhorar suas condições financeiras por meio de um casamento arranjado.

Entre os livros da série lidos até agora, Pecados no Inverno foi, de longe, o mais diferente. A começar pela presença das quatro amigas ser muito diminuída com relação aos demais: enquanto nos dois primeiros todas as personagens aparecem com mais frequência entre as cenas e têm um papel maior em meio à história, aqui isso pouco acontece, de forma a deixar o enredo, de fato, centrado em Evie e St. Vincent.

pecados-no-inverno-lisa-kleypas-minha-vida-literaria3

Ainda, foi como se as características simbólicas do inverno tivessem influenciado a trama. De longe, essa é a que traz temas mais fortes e sensíveis, considerando-se todos os abusos enfrentados por Evie. Ao mesmo tempo, Pecados no Inverno não perde a leveza característica da série, principalmente pelo próprio casal em si, que, além de muita química, provocam risadas com seus diálogos espirituosos e divertidos. Foi impossível não me encantar por eles!

O único ponto a me incomodar em Pecados no Inverno foi a romantização excessiva, a meu ver, em alguns momentos da narrativa. É comum que romances de época tragam posições machistas das personagens por serem ambientados, justamente, em um período extremamente machista, e achei essa característica bastante evidente aqui, principalmente no que se refere ao tratamento de St. Vincent com Evie. É claro que, em partes, isso foi intencional por conta das próprias personalidades das personagens; contudo, me refiro a detalhes, como, por exemplo, algumas descrições de cenas sexuais entre ambos, nas quais prazer, dor e submissão estão perigosamente misturados e romantizados.

pecados-no-inverno-lisa-kleypas-minha-vida-literaria2

De qualquer maneira, esse foi, como prometido pelos leitores, o livro que mais me agradou até o momento, principalmente pela leitura ter sido bastante fluida, cativante e envolvente. Como essa série precede a dos Hathaways, também publicada pela Editora Arqueiro, vemos algumas personagens destas aparecendo em As Quatro Estações do Amor, como no caso de Cam Rohen, protagonista de Desejo à Meia-Noite e coadjuvante em Pecados no Inverno, mas com um papel bastante importante no enredo.

 





Deixe o seu comentário

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por