[Vídeo Resenha] Como Se Fosse Magia - Bianca Briones | Minha Vida Literária
29

set
2016

[Vídeo Resenha] Como Se Fosse Magia – Bianca Briones

como-se-fosse-magia-bianca-briones-minha-vida-literaria Título: Como Se Fosse Magia
Autor: Bianca Briones
Editora: Gutenberg
Número de Páginas: 208
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ Americanas ♥ SaraivaSubmarino

Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer.
Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas.
O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é.
Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela.
O que isso quer dizer?
Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.

 

RESENHA EM VÍDEO



RESENHA ESCRITA

Fazendo jus ao título de seu primeiro chick-lit, Bianca Briones tem o dom de envolver os leitores em suas histórias como se sua narrativa fosse mágica. Já havia lido As Batidas Perdidas do Coração e sucumbido à sua intensidade; agora, tive o prazer de me encantar por Como Se Fosse Magia.

como-se-fosse-magia-bianca-briones-minha-vida-literaria1

Eva é uma escritora de sucesso, mas vem enfrentando, há um ano, um fortíssimo bloqueio criativo, que a impede de escrever o último livro de uma de suas séries de sucesso. Enquanto tenta encontrar em si as palavras que teme ter perdido, seu caminho se cruza com o de um estranho que perdeu a memória e que acaba tendo apenas Eva para ajudá-lo. O mais curioso de tudo é que esse estranho é idêntico a Enzo, o protagonista da série que Eva precisa finalizar.

Em primeira pessoa, a narrativa ora traz a voz de Eva e ora a de Enzo, de maneira que podemos conhecer melhor ambos personagens. Como marca de Bianca Briones, Como Se Fosse Magia traz passagens com uma escrita bastante sensível e intensa, ainda que, aqui, haja também uma boa dose de leveza e humor, características próprias dos chick-lits.

como-se-fosse-magia-bianca-briones-minha-vida-literaria3

Não apenas a escrita é cativante como a própria história de Como Se Fosse Magia não demora a conquistar. Me encantei pelos universos de Eva e por seu processo criativo, bem como gostei de como a autora atrelou esse aspecto aos conflitos enfrentados por Eva. Aliás, de maneira geral, gostei bastante das questões trabalhadas por Bianca, independentemente se relacionadas a Eva ou a Thiago, seu melhor amigo e personagem extremamente cativante. O romance, por sua vez, não só é apaixonante como também proporcionou um desfecho belíssimo à trama, tornando tudo ainda mais encantador.

Contudo, ainda que a escrita de Bianca Briones seja maravilhosamente fluida e que a trama em si conquiste, senti que a leitura não me conquistou tanto quanto poderia. Minha impressão foi de que havia uma ânsia no narrar dos fatos, como se a própria autora estivesse tão imersa em sua própria intensidade e desejo de contar a trajetória de Eva e Enzo que acabou transmitindo tudo com certa velocidade, o que resultou tanto em cenas que poderiam ter sido mais aprofundadas quanto em detalhes do enredo que poderiam ter sido melhor trabalhados e explicados. A história convence, cativa e envolve, mas poderia ter sido ainda mais convincente, cativante e envolvente. Fechei o livro tendo gostado da leitura, mas senti que ela tinha potencial para me fazer me apaixonar e me emocionar por ela, o que, infelizmente, não aconteceu.

como-se-fosse-magia-bianca-briones-minha-vida-literaria2

Ainda que eu tenha sentido falta de um pouco mais de Como Se Fosse Magia, é inegável o quanto ele carrega amor e magia; sobretudo, o quanto ele carrega a própria Bianca. Em seus agradecimentos, Briones menciona que Eva tem muito dela, e basta acompanhá-la em suas redes sociais para sentir o quanto isso é real. Mais do que ligada à história, me senti ligada à Bianca, a ponto de, inclusive, ser capaz de imaginá-la imersa em emoções durante a escrita do romance, e tal impressão é só mais um atestado da verdade e sinceridade das palavras com que a autora nos presenteia em suas obras.





Deixe o seu comentário

2 Respostas para "[Vídeo Resenha] Como Se Fosse Magia – Bianca Briones"

Mayara R. da Cruz - 29, setembro 2016 às (16:18)

Oi Aione <3

Que pena que apesar de todos os inegáveis pontos positivos você ainda snetiu falta de mais. :/
Mas compreendo que se tratando d eum livro da Bi, que sempre nos comove e prende e encanta a gente quer mais e mais, que as cenas sejam mais desenvolvidas, o livro tenha mais páginas de amor e sentimentos. <3
Eu amo este livro e me senti completamente envolvida na trama, mas sou suspeita para falar!

Super beijo,
May – http://mayeosvicios.blogspot.com/

Responder

Luciana Mara - 17, outubro 2016 às (18:23)

Olá!
Sempre fico feliz em ler resenhas sinceras.
Já li todos os livros da série Batidas da Bianca e estava muito curiosa com esse novo.
Que pena que faltou algo. Até estranhei o livro ser tão fininho (perto dos outros).
Abraços.
Luciana
http://www.toclivros.blogspot.com.br

Responder

Últimas Resenhas

Calendário de posts

setembro 2016
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por