[Resenha] Renato Russo: O Filho da Revolução - Carlos Marcelo | Minha Vida Literária
25

out
2016

[Resenha] Renato Russo: O Filho da Revolução – Carlos Marcelo

renato-russo-o-filho-da-revolucao-minha-vida-literaria

Título: Renato Russo: O Filho da Revolução
Autor: Carlos Marcelo
Editora: Planeta
Número de Páginas: 464
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ AmericanasSubmarino

A mais completa biografia do vocalista da Legião Urbana ganha edição revista, atualizada e ampliada pelo autor. Escrita a partir de mais de cem entrevistas e de pesquisas realizadas ao longo de nove anos, Renato Russo – o filho da revolução narra, de forma fluente e minuciosa, a transformação do adolescente Renato Manfredini Junior no maior ídolo do rock brasileiro. A vivência intensa em Brasília sob a ditadura militar nos anos 1970 é reconstituída em detalhes neste best-seller lançado em 2009, presença constante na lista dos mais vendidos de não ficção daquele ano. Manuscritos com os planos ambiciosos do iniciante. Renato e os rascunhos de sucessos como Tempo perdido e Eduardo & Monica também são reproduzidos com exclusividade, bem como as letras vetadas pela Censura Federal. Além dos depoimentos de integrantes da Legião, Capital Inicial, Plebe Rude, Paralamas e de outras bandas da era de ouro do rock nacional, a nova edição inclui capítulo inédito elaborado a partir de entrevistas com amigos e colegas, como Marisa Monte, que trabalharam e conviveram com Renato Russo no período final de sua vida, encerrada prematuramente aos 36 anos, em 11 de outubro de 1996. Lembranças e histórias do maior ídolo de sua geração e que, com a sua poética incisiva e lírica, continua a fascinar – e a emocionar – jovens de todas as idades.

Renato Russo: O Filho da Revolução é uma biografia escrita pelo jornalista e escritor Carlos Marcelo Carvalho. Mesmo após vinte anos da morte do vocalista da Legião Urbana, seu legado permanece mais atual do que nunca e suas músicas continuam a emocionar e encantar fãs de todas as idades e classes sociais. A editora Planeta resolveu, então, lançar, este ano, essa edição revista, atualizada e ampliada pelo autor, a fim de resgatar toda a trajetória do cantor nos seus mínimos detalhes.

renato-russo-o-filho-da-revolucao-minha-vida-literaria1

Aqui temos um trabalho de pesquisa riquíssimo; o autor se empenhou em ir a fundo não apenas no que diz respeito à vida do biografado, como também no que se refere ao contexto histórico em que ele estava inserido. Desse modo, desde as primeiras páginas acompanhamos a vida de Renato e o retrato do Brasil em cada fase vivenciada por ele.

Além de ter uma escrita muito compreensível, o autor acrescentou ao livro imagens preciosas das várias fases do cantor, arquivos de família, trechos de letras de músicas, documentos, manuscritos e rascunhos. O texto flui de modo muito interessante, pois Carlos Marcelo Carvalho consegue inserir diálogos e depoimentos no meio das informações, o que deixa a leitura mais leve. No entanto, ao mesmo tempo, é um texto muito detalhista, ideal para quem busca uma leitura informativa e instrutiva. Em termos de história do Brasil, ditadura militar, censura, movimento cultural dos anos 1970-1980, entre outros assuntos, são abordados também em Renato Russo: O Filho da Revolução.

renato-russo-o-filho-da-revolucao-minha-vida-literaria2

Assim, em meio a uma série de detalhes, conhecemos um pouco da infância do cantor, da sua difícil adolescência, da formação do Aborto Elétrico – sua primeira banda – e assim por diante. Conhecemos um pouco mais do seu modo de ser, das pessoas que conviveram com ele e de todas as peculiaridades que envolvem sua trajetória. São citados, também, muitos outros artistas brasileiros conhecidos, como Herbert Viana e Dinho Ouro Preto e os encontros e diálogos que tiveram com ele.

renato-russo-o-filho-da-revolucao-minha-vida-literaria3

A meu ver, o autor destaca algumas nuances da vida pessoal do cantor, porém o enfoque nessa biografia é mais a construção da carreira de Renato e de tudo que a envolvia, seja o momento em que o país vivia no cenário musical, político e social, seja nas dificuldades, embates e sua construção enquanto artista. Como admiradora que sou do cantor, senti falta de mais detalhes da sua infância e de alguns outros aspectos da sua trajetória de vida que, na minha opinião, poderiam ter sido melhor explorados. Mesmo assim, principalmente para os fãs, esta certamente é uma ótima indicação. Entre as muitas biografias que já li, Renato Russo: O Filho da Revolução se tornou uma das preferidas, sendo, sem dúvidas, um livro indispensável para quem pretende ter uma aproximação maior com esse artista brilhante e inesquecível.

renato-russo-o-filho-da-revolucao-minha-vida-literaria4





Deixe o seu comentário

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por