[Resenha] O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida - Kate Eberlen | Minha Vida Literária
02

dez
2016

[Resenha] O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida – Kate Eberlen

o-primeiro-dia-do-resto-da-nossa-vida-minha-vida-literaria

Título: O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida
Autor: Kate Eberlen
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 432
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ AmericanasSaraivaSubmarino

Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda.E pode ser que nunca se encontrem… Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controle da família e descobrir sozinho o que realmente quer ser. Por um dia, nas férias, os caminhos desses dois jovens de 18 anos se cruzam antes que os dois retornem para casa e vejam que a vida nem sempre acontece como o planejado. Ao longo dos dezesseis anos seguintes, traçando rumos diferentes, cada um vai descobrir os prazeres da juventude, enfrentar problemas familiares e encarar as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo indica que é impossível que um dia eles se conheçam de verdade… ou será que não? O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida narra duas trajetórias que se entrelaçam sem de fato se tocarem, fazendo o leitor se divertir, se emocionar e torcer o tempo todo por um encontro que pode nunca acontecer.

O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida é um livro delicado, verdadeiro e muito cativante. Um verdadeiro presente aos leitores que apreciam um bom romance, com personagens bem construídos e uma narrativa envolvente.

o-primeiro-dia-do-resto-da-nossa-vida-minha-vida-literaria1

Tess e Gus são dois jovens com muitos planos, sonhos e expectativas em relação ao futuro. Numa viagem de férias à Itália, os dois acabam se esbarrando casualmente. Apesar de terem se cruzado nesse momento determinado, a trama percorre uma trilha que pretende deixar o leitor sempre na expectativa dos reencontros e da concretização do real romance.

A narrativa em primeira pessoa dá voz aos dois personagens de modo a nos aproximar dos seus anseios, medos, dúvidas e indagações. Se por um lado Tess e Gus são muito diferentes, por outro, eles tem muito em comum. Há também o fato de a história ser contada através dos anos, assim, ao mesmo tempo em que acompanhamos a vida dos dois separadamente, nos angustiamos por saber se os diferentes caminhos que eles trilham os levarão a ficar juntos ou não.

o-primeiro-dia-do-resto-da-nossa-vida-minha-vida-literaria2

Um dos fatores de mais destaque de O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida foi a aptidão que Kate Eberlen teve em delinear uma história ficcional com inspirações tão realistas. Certamente, a maioria dos jovens poderá se identificar com os protagonistas, principalmente, em relação às angústias que permeiam a série de tomadas de decisões que são impostas em determinada fase da juventude.

Aqui encontramos, além de um belo romance, reflexões sobre relações familiares, profissionais e de amizade. Encontramos também personagens que não são perfeitos, que estão em construção e formação pessoal, seja no sentido intelectual ou interpessoal. Eles estão em constante processo de aprendizagem sobre como lidar com os enfrentamentos da vida e nos ensinam muito com isso.

o-primeiro-dia-do-resto-da-nossa-vida-minha-vida-literaria3

Não poderia deixar de destacar, também, a ambientação da história, as referências artísticas e culturais e a naturalidade com a qual a autora nos envolve nesse universo.

De modo geral, o livro me agradou bastante, seja pela junção de uma escrita envolvente e dinâmica, seja pelo desenvolver do enredo e das surpresas depositadas ao longo dele.





Deixe o seu comentário

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil