[Resenha] Becky Bloom ao Resgate – Sophie Kinsella | Minha Vida Literária
06

dez
2016

[Resenha] Becky Bloom ao Resgate – Sophie Kinsella

becky-bloom-ao-resgate-sophie-kinsella-minha-vida-literaria

Título: Becky Bloom ao Resgate
Autor: Sophie Kinsella
Editora: Record
Número de Páginas: 400
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraiva ♥ Submarino

A consumista mais carismática de todos os tempos está de volta em uma missão de resgate – com muitas encrencas e confusões, claro!

Hollywood se mostrou cheia de surpresas, mas agora Becky Brandon (nascida Bloomwood), Luke e a filhinha deles, Minnie, junto com Suze, sua nova melhor amiga (só que não), Alicia, sua mãe, Jane, e a melhor amiga dela, Janice, resolveram embarcar em uma road trip até Las Vegas (em um trailer, porque a tarefa deles é muito importante, então eles precisam ficar o tempo todo juntos, para facilitar a comunicação). Isso tudo porque o pai de Becky sumiu deixando apenas um bilhete dizendo que precisava “consertar uma coisa” e reparar uma injustiça causada a um velho amigo. Jane, é claro, está histérica. Suze também não fica atrás. Ela surtou porque Tarquin, seu marido, foi junto, e agora ela acha que o Lorde de Letherby Hall corre um grande perigo, pois Bryce – o bonitão do Golden Peace, de Los Angeles – está tentando fazer uma lavagem cerebral nele para arrancar o dinheiro da família. Determinada a descobrir o paradeiro do pai, a consumista mais querida de todos os tempos apostará todas as suas fichas em um plano ousado, que poderá trazer à tona um grande mistério do passado. Mas será que essa estratégia mirabolante será capaz de salvar sua família e seus amigos quando eles mais precisam dela?

Sophie Kinsella, para mim, é sinônimo de diversão e garantia de entretenimento. Inicio a leitura de seus livros já preparada para uma completa imersão que apenas seus livros são capazes de me proporcionar, e Becky Bloom ao Resgate não me decepcionou nesse aspecto.

becky-bloom-ao-resgate-sophie-kinsella-minha-vida-literaria1

O oitavo livro da série Becky Bloom começa no exato ponto que seu antecessor foi finalizado, com Becky e seus familiares e amigos indo para Las Vegas em busca de seu pai, que partiu em uma missão misteriosa de busca por um amigo dos anos de faculdade, sem dar maiores explicações sobre suas intenções.

Como de costume, são algumas cartas destinadas à protagonista que abrem o livro, e elas voltam a aparecer durante seu desenrolar. Já aqui o humor se instala, e é praticamente impossível não se render às risadas ao imaginar os absurdos escritos por Becky para originar a resposta lida por nós. Logo depois, os capítulos narrados em primeira pessoa se iniciam, com toda agilidade e envolvimento típicos de Sophie Kinsella.

becky-bloom-ao-resgate-sophie-kinsella-minha-vida-literaria3

O diferencial em Becky Bloom ao Resgate é que temos aqui a Becky mais diferente dentre os demais livros da série. Além de mais amadurecida, a personagem está marcada pelos acontecimentos do livro anterior, Becky Bloom em Hollywood, de forma a não agir como seu usual. Assim, não só as outras personagens da história estranham suas atitudes, como também o próprio leitor. Tal estranhamento, contudo, ocorre em um nível positivo, já que demonstra certo crescimento de Becky com relação aos volumes anteriores. Ainda, me agradou bastante a presença das temáticas de relacionamentos entre as personagens, sejam eles amorosos, familiares ou de amizade.

O mistério despertado em Becky Bloom em Hollywood se mantém por quase todo o enredo de Becky Bloom ao Resgate, sendo, assim, um de seus artifícios para prender a atenção do leitor e manter sua curiosidade. Gostei das revelações e dos segredos em si, e principalmente me agradou a resolução da trama. É característico da série que seus livros sejam finalizados com planos mirabolantes e insanamente criativos de Becky, e o fechamento aqui não deixa absolutamente nada a desejar nesse quesito.

becky-bloom-ao-resgate-sophie-kinsella-minha-vida-literaria2 A série Becky Bloom não é uma que exige a leitura de todos os seus livros no sentido de a história estar incompleta – mesmo que a leitura precise ser sequencial e cronológica. Porém, aos que se apaixonam por essa protagonista singular, cada novo volume passa a ser essencial, simplesmente porque é delicioso retornar ao universo shopaholic e reencontrar as personagens já tão familiares. Para mim, ler Becky Bloom é estar imersa em conforto e retornar a um ambiente já muito conhecido e agradável, do qual inevitavelmente acabo sentindo saudades.





Deixe o seu comentário

2 Respostas para "[Resenha] Becky Bloom ao Resgate – Sophie Kinsella"

Gabriela Souza - 07, dezembro 2016 às (16:57)

Eu quero muuuuito ler essa série. Te vejo falar muito bem dela e tenho muita curiosidade em conhecer a história. Beijos

Responder

Livia - 13, fevereiro 2017 às (10:19)

É a minha série de livros favoritas. Estou lendo agora Beccky ao Regate e estou amando. Os meus favoritos da série são 5ª Avenida e Mini Becky. Adorei a resenha.
Beijinhos

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por