[Resenha] Harry Potter e a Criança Amaldiçoada - J.K. Rowling | Minha Vida Literária
08

dez
2016

[Resenha] Harry Potter e a Criança Amaldiçoada – J.K. Rowling

harry-potter-crianca-amaldicoada-jk-rowling-minha-vida-literaria

Título: Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
Autor: J.K. Rowling; Jack Thorne; John Tiffany
Editora: Rocco
Número de Páginas: 352
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Capa Dura (AmazonAmericanasSaraiva ♥ Submarino) / Brochura (AmazonAmericanasSaraiva ♥ Submarino)

Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia,marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

Ansiosamente aguardado por milhões de fãs, o oitavo livro da saga de maior sucesso de todos os tempos chega às livrarias de todo o Brasil no dia 31 de outubro, em edições brochura e capa dura. Harry Potter e a criança amaldiçoada é a edição impressa do roteiro de ensaio da peça escrita por J.K. Rowling em parceria com Jack Thorne e John Tiffany, que está em cartaz em Londres e sepassa 19 anos após os acontecimentos narrados em Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Quão emocionante pode ser retornar a um universo mágico que tanto fez parte de seu crescimento? Para mim, ler Harry Potter e a Criança Amaldiçoada foi justamente isso: uma volta emocionante e nostálgica a um mundo que marcou por completo minha vida.

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada é a peça desenvolvida em parceria entre J.K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, e apresentada exclusivamente em Londres, cuja estreia se deu em julho deste ano. Para que os fãs de todo mundo pudessem ao menos ter um gosto dessa nova história, o roteiro da peça foi publicado, mas não novelizado – ou seja, o que temos no livro é o roteiro em si, não a história reescrita em formato de romance.

harry-potter-crianca-amaldicoada-jk-rowling-minha-vida-literaria1

A trama se inicia no momento final de Harry Potter e as Relíquias da Morte, 19 anos após a épica Batalha de Hogwarts. E já na primeira cena temos o gostinho saudoso do mundo criado por J.K. Rowling, revisitando as personagens já mais velhas com seus respectivos filhos embarcando para a maior escola de magia e bruxaria de todos os tempos.

Embora muita polêmica tenha surgido sobre Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, com muitos fãs decepcionados pelos rumos do enredo, eu simplesmente amei a leitura. Como disse, fiz um retorno completamente emocionante, e passei uma tarde me deliciando com esse universo que tanto me conquistou. Foi maravilhoso poder voltar a Hogwarts, ter um vislumbre do futuro das personagens, apreciar suas conquistas e suas constantes batalhas, já que obstáculos fazem parte de qualquer caminho, e mais do que tudo: sentir a forte mensagem de amor passada pela história. Se esse já era um dos pontos fundamentais na série Harry Potter, aqui ele se reforça, e a principal questão trabalhada está nos relacionamentos familiares, especialmente entre pais e filhos. O enredo em si também me agradou bastante. Adorei as reviravoltas da história, e os rumos tomados pelas personagens. Me angustiei e torci por um final feliz, e senti na pele os horrores de caminhos alternativos.

harry-potter-crianca-amaldicoada-jk-rowling-minha-vida-literaria4

Acredito que parte da polêmica em torno de A Criança Amaldiçoada esteja justamente no que move os caminhos da peça, considerando-se que muitos argumentaram que isso vai contra o criado por J.K. Rowling nos sete livros da série. De minha parte, acho importante ressaltar que essa é uma peça e, portanto, foi feita para ser apresentada, não lida. Com isso, quero dizer que a criação de um roteiro é essencialmente diferente da de um romance, no sentido de exigir uma agilidade que não necessariamente fará parte de um livro, o qual, certamente, demanda maiores detalhes e informações. Assim, é claro que a leitura de um roteiro parecerá incompleta ou mesmo superficial: o que falta nele é completado por atores, direção e produção ao se realizar a encenação.

harry-potter-crianca-amaldicoada-jk-rowling-minha-vida-literaria3

Uma observação que gostaria de fazer por muito ter me agradado na leitura do roteiro foi a elaboração de algumas das rubricas. Essas, para os que desconhecem, são os direcionamentos do roteiro, que têm por função, então, situar a cena em termos de cenário, personagens e, até mesmo, alguns gestos que os atores devem realizar. Partindo desse princípio, elas costumam ser objetivas e diretas, já que são estritamente funcionais ao elenco, direção e produção. Contudo, o que temos em A Criança Amaldiçoada são muitas rubricas com tom narrativo, literário, próprios da leitura de um romance e com a mesma atmosfera presente em Harry Potter, sobretudo nos primeiros livros, nos quais impera um ar mais ingênuo e mágico. Esse, acredito, foi um pequeno presente de J.K. Rowling aos leitores, como uma maneira nostálgica de relembrar a leitura dos livros da série, já que a experiência com o roteiro seria gritantemente diferente da anterior.

harry-potter-crianca-amaldicoada-jk-rowling-minha-vida-literaria2

Falar de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada sem falar em nostalgia, para mim, é certamente impossível. Não tenho como descrever a emoção que senti ao abrir a primeira página e compreender que eu finalmente estava de volta, algo que jamais imaginei que aconteceria de maneira inédita. Assim, essa foi uma experiência completamente única e particular, além de intensamente emocional, de forma que teria sido praticamente impossível me desagradar. Senti que esse foi uma homenagem de J.K. Rowling à série, e um presente a ela. E como potterhead da Geração Harry Potter, fiquei mais do que agradecida por ele.





Deixe o seu comentário

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por