[Resenha + Promoção] Juntando Os Pedaços – Jennifer Niven | Minha Vida Literária
13

dez
2016

[Resenha + Promoção] Juntando Os Pedaços – Jennifer Niven

juntando-os-pedacos-jennifer-niven-minha-vida-literaria

Título: Juntando Os Pedaços
Autor: Jennifer Niven
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 392
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraiva ♥ Submarino

Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito.

Juntando Os Pedaços é o segundo livro de Jennifer Niven publicado no Brasil. Seu outro título, Por Lugares Incríveis, fez da autora um dos grandes destaques YA em 2015 e uma das maiores atrações da Bienal Internacional de São Paulo em 2016.

juntando-os-pedacos-jennifer-niven-minha-vida-literaria3

Aqui, temos a história de Libby e Jack. Libby perdeu a mãe aos dez anos, e seu luto somado ao bullying que já havia sofrido fez com que ela desenvolvesse uma compulsão alimentar responsável por transformá-la na garota mais gorda dos EUA, a ponto de ela não mais ser capaz de sair de casa. Agora, quase 150 kg mais magra, mas ainda assim obesa, ela retorna à escola, precisando lidar não só com as crises de ansiedade que a acometem, mas principalmente com o fato de não saber como será recebida – e se o antigo bullying voltará a assombrá-la. Jack, por sua vez, é o típico garoto popular que, à primeira vista, todos gostariam de ser. O que ninguém sabe é que por trás de sua máscara social ele esconde um segredo: uma doença rara, a prosopagnosia, que o impede de reconhecer o rosto das pessoas, inclusive de seus familiares.

– Por que as pessoas se preocupam tanto com o meu tamanho?
Ela não responde, só pega minha mão e segura. Bailey não precisa responder, porque não existe resposta. Só que apenas as pessoas pequenas – pequenas por dentro – não aguentam o fato de alguém ser grande.

página 107

Assim como no outro livro da autora, em Juntando Os Pedaços há uma alternância narrativa em primeira pessoa trazendo a perspectiva de cada um dos personagens. Também, alguns trechos apresentam variação cronológica, possibilitando flashbacks que melhor contextualizam os acontecimentos presentes e permitem compreender o crescimento das personagens.

juntando-os-pedacos-jennifer-niven-minha-vida-literaria2

Se eu já havia me apaixonado por Por Lugares Incríveis, faltam palavras para dizer o quanto Juntando Os Pedaços me conquistou. Jennifer Niven me emocionou desde sua carta aos leitores, que antecede a história e explica seus motivos para tê-la escrito, e me envolveu por completo com as narrativas de Libby e Jack. Sua escrita é fluida e cativante, e alterna momentos de leveza com outros mais intensos, reflexivos e sensíveis. Ainda, adorei as diferentes maneiras em que é possível compreender seu título, e a forma de como ele se liga ao enredo.

juntando-os-pedacos-jennifer-niven-minha-vida-literaria4

Foi impossível não sentir as dores principalmente de Libby. A gordofobia que a garota sofre é intensa e, assim como ela, somos incapazes de compreender como as pessoas podem ser tão cruéis, como alguém pode odiar tanto o que outra representa externamente. Porém, esse também foi um dos motivos que mais me fez amar a leitura: Libby é autêntica e corajosa, e por mais machucada, ela nunca abaixa a cabeça. Ao invés de ser narrado o processo de empoderamento da protagonista, temos o instante após ele ter ocorrido, então vemos a garota ser testada, no sentido de realmente colocar em prática os aprendizados que teve sobre si. E me encantei com sua presença, com sua personalidade segura e radiante, com sua bondade e seu brilho. Ela, sem dúvida alguma, rouba a cena e é a alma do livro.

juntando-os-pedacos-jennifer-niven-minha-vida-literaria5

Jack, por outro lado, está em processo de fortalecimento, de descoberta sobre ser mais do que acredita. Seu medo intenso de que alguém descubra sua doença o impede de ser quem é, de forma que nem o próprio garoto tenha essa consciência. E ao mesmo tempo em que é horrível imaginar estar em sua pele em tantas situações angustiantes, nas quais ele não é capaz de distinguir pessoas por não reconhecer seus rostos, é encantador perceber a dádiva de poder enxergar o que realmente importa em alguém, não as máscaras que nos recobrem, que sofrem as pressões dos padrões impostos cultural e socialmente. Há, ainda, alguns conflitos relacionados a sua família e esse foi o único ponto do livro que poderia ter sido melhor trabalhado. Fiquei com a sensação de incompletude, como se houvesse algo a mais para o personagem lidar e aprender; porém, isso não se concretizou.

A verdade é que não sei o que significa ver o mundo como as outras pessoas veem. […] Todos olham uns para os outros e veem a mesma coisa, mas eu tenho que me esforçar mais para enxergar o que está por trás do rosto. É como se desmontasse cada um e depois montasse de novo.

página 381

Jennifer Niven deu um show de representatividade em Juntando Os Pedaços. Os protagonistas são uma garota obesa e um jovem negro, algo quase nunca encontrado tanto em livros quanto filmes e séries. Não só ela os colocou em posição de destaque como deu a eles uma história delicada e bela, que me fez chorar e suspirar ao finalizar a leitura. Com isso, Niven reforçou a mensagem do livro de que qualquer um tem valor e direito a sua própria história. Acima de tudo, a autora mostrou que todos somos amados por alguém, independentemente de como ou quem somos, mesmo que haja um mundo dizendo que não merecemos, que haja quem nos diminua. E, por isso, Jennifer Niven aumentou ainda mais meu respeito e admiração por ela.

juntando-os-pedacos-jennifer-niven-minha-vida-literaria1

Acabei me estendendo nesta resenha, mas foi impossível me conter. Juntando Os Pedaços se tornou um dos meus YA queridinhos, tanto por ter me proporcionado uma leitura agradavelmente fluida, envolvente e deliciosa quanto por, principalmente, ter me tocado tanto. Mais do que uma história sobre lidar com adversidades, Juntando Os Pedaços é um livro sobre empoderamento, representatividade e, acima de tudo, sobre aprender a enxergar as pessoas como elas realmente devem ser vistas.

 

Promoção “Juntando os Espaços”

Que tal ganhar um exemplar de Juntando os Espaços? Confira as informações para participar!

 

Regras:

  • Ter endereço de entrega no Brasil;
  • Preencher o formulário do Rafflecopter.

 

Considerações:

  • Após preenchida a entrada obrigatória, as demais são opcionais;
  • Nas opções em que é necessário visitar fanpages do Facebook, é preciso, também, curti-las para que elas sejam validadas como chances extras;
  • A promoção tem início hoje e ficará no ar até às 23h59 do dia 25/12;
  • O vencedor será contatado por email e terá até 48h para respondê-lo;
  • O livro será enviado pela Editora Seguinte em até 40 dias úteis.
  • O blog não se responsabiliza em caso de perda ou extravio, e um novo envio do prêmio não ocorrerá nesses casos. Certifique-se de que sempre haverá alguém em casa para recebê-lo, e confira corretamente os dados de entrega antes de mandá-los quando for contatado.
  • Para informações gerais sobre a política das promoções, acesse o tópico “Promoções” aqui.

 

a Rafflecopter giveaway

Boa sorte a vocês!





Deixe o seu comentário

11 Respostas para "[Resenha + Promoção] Juntando Os Pedaços – Jennifer Niven"

Caroline Soares - 13, dezembro 2016 às (08:04)

Participando!!! Espero ganhar, estou loucaaa nesse livro.

Responder

Rudynalva Correia Soares - 14, dezembro 2016 às (01:11)

Aione!
Estendo bem todo preconceito passado por Libby porque até 2 anos atrás pesa 118kg e sofia muito preconceito, as pessoas não enxergavam minha essência (que continua a mesma após emagrecer 47kg), viam apenas a questão estética e era horrível ser vista dessa forma.
Adorei a autora ter unido Jack e Libby e assim ambos aprenderem a superar suas dificuldades e ainda descobrirem que podem ser amados pelo que são.
Quero demais poder ler esse livro.

Rudynalva Correia Soares
rudynalva@yahoo.com.br
Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
“O verdadeiro sentido do Natal não está nos presentes e nem no papai noel, mas sim no nascimento de Jesus Cristo, que veio ao mundo para nos libertar do pecado e ser o nosso único salvador!” (Andréia Godoi)
Boas Festas!
cheirinhos
Rudy

TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

Responder

Michele Lopez de Andrade - 14, dezembro 2016 às (07:38)

Olá,

Adorei saber suas impressões sobre a obra! Desde o lançamento estava bem intrigada por causa da sinopse e agora tenho certeza de que quero ler.
Cada personagem apresenta um problema e juntos tentam se ajudar a superar.
Participando do sorteio e torcendo para ganhar!
lp_michele@hotmail.com

leitoradescontrolada.blogspot.com.br

Responder

Lana Silva - 14, dezembro 2016 às (16:35)

Apesar de nunca ter lido nenhum livro da autora, ainda sim tenho muita interesse de ler suas obras, principalmente porque já ouvi muitos elogios em relação ao um outro livro dela, e vejo que esse novo lançamento não é diferente. A história me pareceu cativar o leitor com começo ao fim, até porque os personagens são interessantes, e ainda aborda vários assuntos interessantes. Gostei muito da premissa do livro e por isso quero logo lê-lo.

Responder

leci teresinha dias rodrigues rodrigues - 14, dezembro 2016 às (22:29)

TORCENDO MUITO P/ SER SORTEADA, POIS ESTOU CURIOSA P/ LER O LIVRO JUNTANDO OS PEDAÇOS.

Responder

Daniela - 15, dezembro 2016 às (09:08)

Participando e torcendo!!
danieladegobi@yahoo.com.br

Responder

Carol - 15, dezembro 2016 às (09:35)

Esse livro tem uma premissa meio parecida com o outro; e pelo jeito deve ser muito bom!! Não tive coragem de ler “Por lugares incríveis” por saber que o final é bem forte e de deixar o coração despedaçado, e tenho medo de livros que possam me deixar na bad -rssss-. Mas esse parece tranquilo, quero muito ler!!!!!

Responder

Adriana - 17, dezembro 2016 às (04:34)

Sempre ouvi falar muito bem da autora, principalmente sobre Por Lugares Incríveis, mas nunca li nada dela. Adoro livros com personagens mais bem elaborados e que passem uma mensagem de superação. Pretendo adquirir meu exemplar logo e lê-lo o mais rápido possível.

Responder

Samantha correa - 19, dezembro 2016 às (19:03)

Participando!

Responder

Maíra Souza - 24, dezembro 2016 às (15:10)

Participando!
Feliz Natal e Ano Novo! ^^

Responder

Mayara Souza Melo - 25, dezembro 2016 às (22:32)

Preciso muito ler esse livro <3
participando!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil