[Resenha] As Cordas Mágicas - Mitch Albom | Minha Vida Literária
13

jan
2017

[Resenha] As Cordas Mágicas – Mitch Albom

as-cordas-magicas-minha-vida-literaria

Título: As Cordas Mágicas
Autor: Mitch Albom
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 352
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Francisco Presto nasceu numa pequena cidade da Espanha em plena guerra civil. Com a infância marcada por tragédias, Frankie se torna pupilo de um professor de música cego, que se dedica a lhe ensinar tudo o que sabe. Ao completar 9 anos, ele foge para os Estados Unidos carregando consigo apenas seus bens mais preciosos: um violão e seis cordas mágicas. Com um talento fora do comum para tocar e cantar, Frankie rapidamente alcança o estrelato e influencia o cenário musical do século XX, apresentando-se ao lado de nomes consagrados como Elvis Presley e Little Richards. No entanto, seu dom se transforma em um terrível fardo quando ele percebe que pode afetar o futuro das pessoas: uma corda de seu violão fica azul cada vez que uma vida é alterada. No auge do sucesso, assombrado por seus erros e por seu estranho poder, Frankie sai de cena por anos, apenas para ressurgir para um espetacular e misterioso adeus.

O livro As Cordas Mágicas de Mitch Albom, mesmo autor de O Primeiro Telefonema do Céu, é um prato cheio para quem deseja uma história sensível, bonita e mágica.

Aqui conhecemos a história de Francisco Presto, um homem que colecionou muitas marcas ao longo de sua trajetória de vida. Com uma infância marcada por tragédias e uma juventude cercada de desafios, ele encontra na música o seu refúgio e ganha destaque no cenário musical. No entanto, as cordas do seu violão possuem características muito peculiares: elas são mágicas e isso pode trazer muitas consequências para a vida do nosso protagonista e das pessoas que o cercam.

A narrativa em terceira pessoa é diferenciada, pois quem nos conta a história é a música e ela o faz de modo fantástico, destacando momentos relevantes e arrebatando o leitor com passagens emocionantes e bem contadas.

as-cordas-magicas-minha-vida-literaria2

Um dos maiores destaques da trama, além da peculiaridade já apresentada, é a sensibilidade depositada a cada capítulo e o cuidado que o autor teve também na construção dos personagens secundários, pois são eles que nos mostram a importância da amizade, do amor e do companheirismo em nossas vidas.

As Cordas Mágicas foi o segundo livro que li de Mitch Albom e pude constatar mais uma vez as razões pelas quais a escrita do autor é tão envolvente. Ele sabe transformar situações simples em verdadeiras lições de vida, e, a cada página, somos cativados pelos personagens criados e tiramos deles o melhor que eles têm para oferecer.

as-cordas-magicas-minha-vida-literaria3

Por fim, não poderia deixar de falar dessa edição que está muito linda; assim, além de sermos envolvidos pela belíssima história, somos também envolvidos pelo capricho da edição, que traz uma bela capa e delicados detalhes ao longo de cada capítulo. As Cordas Mágicas proporciona momentos de emoção, reflexão, mistérios e leveza, sendo uma história que nos faz contemplar o sentido da vida e das coisas que nos acontecem.





Deixe o seu comentário

17 Respostas para "[Resenha] As Cordas Mágicas – Mitch Albom"

Aciclea Vieira - 13, janeiro 2017 às (09:35)

clívia,esse livro parece pura magia,amei saber que é narrado pela música,gosto muito também de personagens secundários bem trabalhados que nos mostram valores e obras que nos mostram lição de vida.Achei também a edição muito linda.Beijinhos!😘❤

Responder

Marta Izabel - 13, janeiro 2017 às (12:11)

Oi, Clivia!!
Adorei a resenha!! Esse livro estar com uma edição fantástica!! A capa é maravilhosa e a premissa do livro super interessante!! Nunca li nada desse autor mais gostei bastante dessa obra!! Espero ler esse livro ainda esse ano !!
Beijoss

Responder

Anna Mendes - 13, janeiro 2017 às (12:59)

Oi Clivia! Adorei a resenha!
Eu não conhecia este livro e nem o autor, mas fiquei encantada com a sinopse. Não costumo ler livros que possuam o elemento “música” envolvido, apesar de isso ter se tornado algo comum na literatura atual. Mas achei diferente a forma como o autor usou esse elemento, além da magia presente na história. Pela premissa, parece ser um livro muito envolvente e eu com certeza vou dar uma chance para essa leitura 🙂
Bjos!

Responder

Nicoli Vieira - 13, janeiro 2017 às (13:33)

Ei, Clívia!
Esse livro está ganhando o coração de todos os leitores, ele é tão singelo e tocante. O fato de ter a Música narrando a história é o que deixa esse livro ainda melhor, além do fato de ter várias citações de músicas pelas páginas e músicos reais serem citados. E claro, a parte gráfica por mais simples que esteja está exuberante, tanto a capa quanto o desenho do violão no início dos capítulos.

Responder

Gabriela (Gabi) - 13, janeiro 2017 às (15:17)

Muito boa a resenha! Se sobrar tempo e eu terminar minha meta desse ano, vou le-lô!!

Bjs.

Responder

Giulia - 13, janeiro 2017 às (16:27)

Oi, Clivia!
Essa é a segunda resenha que leio desse livro hoje!
E estou ficando cada vez mais curiosa sobre a história que parece ser super sensível.

Vocês estão me convencendo a comprar! Heheheh

Beijos,
Giulia | 1livro1filme.com.br

Responder

Rudynalva Correia Soares - 14, janeiro 2017 às (00:04)

Clívia!
Ganhei esse livro em um sorteio e quero que chegue logo para poder apreciar a vida e morte de Presto, além de suas músicas.
Deve ser uma leitura imperdível e quero poder apreciar.
“O saber se aprende com os mestres. A sabedoria, só com o corriqueiro da vida.” (Cora Coralina)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

Responder

Giulianna Santicioli - 14, janeiro 2017 às (21:45)

Que resenha bonitinha, o livro parece ser bem legal, adoraria ter um violão que as cordas fossem mágicas, não entendi muito da história, acho que a resenha ficou um pouco vaga, mas o livro parece ser bom, só não sei se leria. Bjs!

Responder

Rossana Batista - 15, janeiro 2017 às (16:20)

Eu não conhecia o livro e o autor ainda, mas achei a premissa da história muito interessante.
Eu adoro livros que além do que a gente lê a gente pode observa que tem algo a mais nas entrelinhas, porque acaba trazendo uma série de reflexões para o leitor.
Fiquei curiosa para ler!

Responder

thaynara ribeiro - 15, janeiro 2017 às (19:01)

A cada resenha que leio fico ainda mais curiosa. Por ser apaixonada por música adorei a ideia dela cantar uma vida. Geralmente não gosto de saber da vida de alguém morto mas a do Frankie me deixou mega curiosa

Responder

Cristiane Oliveira - 16, janeiro 2017 às (08:08)

Eu já li dois livros deste autor e amei os dois. Tenho muita vontade de reler, e este aqui me chamou a atenção porque a edição parece que etá lindíssima!

Responder

Roberta Batista - 17, janeiro 2017 às (17:51)

Pela resenha acho que ainda não li nenhum do livro que seja parecido. Gosto muito de música e ler um livro que é narrado através deve ser maravilhoso. Toque mágicos com escrita sensível e emocionante faz toda a diferença na leitura de leitura de um livro.
É um livro que eu daria uma chance de leitura.

Responder

suzana cariri - 18, janeiro 2017 às (12:11)

Oi!
Essa capa logo me chamou atenção e lendo essa resenha fiquei muito interessada nesse livro, achei bem diferente temos a musica contando essa historia e fiquei curiosa para saber como será essa parte da narrativo, assim como a historia do Francisco, se tiver oportunidade com certeza irei ler esse livro !!

Responder

camila rosa - 25, janeiro 2017 às (15:19)

Oie, tudo bom?
Gostei da resenha, é a primeira que leio do livro, eu já tinha visto a capa dele por ai, mas nunca pensei em procurar saber do que se tratava, a historia parece ser muito linda e emocionante, gosto de livros que podemos aprender algo com ele. E realmente essa edição esta bonita.
Beijos *-*

Responder

Kemmy Oliveira - 27, janeiro 2017 às (16:09)

Só li O guardião do tempo desse autor e adorei a escrita dele.
As cordas mágicas tem tido uma ótima repercussão e espero poder conferi-lo em breve, pois livros com lições muito me interessam.
Bacana a construção dos personagens secundários, pois muitas vezes os autores acabam deixando-os de lado.
Bjs

Responder

Ana I. J. Mercury - 31, janeiro 2017 às (22:06)

Parece ser um livro bem fofo, tocante e puro. Com uma história simples, mas que mexe com a gente.
Quero ler esse e os demais do autor, todos com uma crítica muitíssimo positiva.
bjss

Responder

Katia - 06, março 2017 às (14:56)

Como todos os outros livros do Mitch, esse também deve ser fascinante.

Responder

Últimas Resenhas

Calendário de posts

janeiro 2017
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por