[Resenha] Os 13 Porquês - Jay Asher | Minha Vida Literária
20

jan
2017

[Resenha] Os 13 Porquês – Jay Asher

os-treze-porques-jay-asher-minha-vida-literaria

Título: Os 13 Porquês
Autor: Jay Asher
Editora: Àtica
Número de Páginas: 256
Ano de Publicação: 2009
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonCulturaExtra

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Ouço falar de Os 13 Porquês, livro de estreia de Jay Asher publicado no Brasil em 2009 pela editora Ática, praticamente desde que passei a frequentar a blogosfera literária, em 2011. Depois de cinco anos, me junto ao time daqueles que indicam o livro com avidez.

os-treze-porques-jay-asher-minha-vida-literaria1

Voltando da escola, Clay recebe em sua casa um pacote contendo sete fitas cassetes. Elas foram gravadas e enviadas por Hannah, por quem ele foi apaixonado, antes de seu suicídio. Em cada lado das fitas, a garota conta sua história dirigindo-se especificamente a uma pessoa, a fim de explicar o que a levou à sua decisão final e atribuindo a cada um sua responsabilidade na história. Ao todo, ela define 13 pessoas – seus 13 motivos – e cada uma delas receberá o pacote em ordem de menção nas fitas, tendo que ouvir todas elas para entender seu papel na decisão de Hannah e, depois, enviá-las à pessoa seguinte.

Os 13 Porquês é um livro incrível por conseguir reunir uma narrativa envolvente, uma história estruturada de maneira inusitada e cativante, principalmente por conter um suspense sempre ativo, e uma mensagem importantíssima. Cada leitor se sentirá mais afeiçoado por uma determinada característica, mas é bem provável que, como no meu caso, o conjunto delas faça do livro admirável.

os-treze-porques-jay-asher-minha-vida-literaria3

Em primeira pessoa, a narrativa se dá tanto pela perspectiva de Clay, enquanto ouve as fitas, quanto pela de Hannah, através das fitas. Porém, diferentemente das histórias que trazem tais narrativas alternadas em diferentes capítulos, aqui ambas se dão concomitantemente, de forma que temos as reações de Clay imediatamente após ao exposto por Hannah, que, por sua vez, é entrecortado pela voz do garoto.  Por questões puramente de estrutura literária, achei sensacional o papel duplo atribuído por Hannah como narradora: ainda que, em sua história, ela seja vítima das situações que a acometeram, ela assume papel de vilã no sentido de despertar terror em Clay – e em todos que ouvem sua narrativa – ao apontar suas responsabilidades em seu suicídio.

É esse terror e a expectativa sobre o que mais Hannah terá a narrar que criam o suspense de Os 13 Porquês e conduzem o leitor por cada página, lida com cada vez mais avidez, a fim de entender o cenário completo que se formou no contexto de vida de Hannah. E conforme esse cenário é montado, as mensagens do autor vão sendo transmitidas: as questões de gênero, já que muitos dos diversos assédios sofridos por Hannah tem como origem única e exclusivamente o fato dela ser do sexo feminino; a depressão em si e como uma ausência de tratamento pode levar ao suicídio – e ambos devem receber a atenção devida; mas, principalmente, a sensação de efeito dominó, como cada minúscula atitude de alguém, independentemente se de forma consciente ou não, pode afetar tão significantemente a vida de outra pessoa, ainda mais quando já existe uma condição prévia de desestrutura emocional e psicológica.

os-treze-porques-jay-asher-minha-vida-literaria2

Os 13 Porquês me prendeu desde o início por já começar de forma impactante, afinal, o suicídio de Hannah é o ponto de partida da leitura, e me manteve imersa em sua narrativa tanto pela habilidade de Jay Asher como escritor quanto – e principalmente – pelas próprias mensagens transmitidas. Esse é um dos típicos livros que, apesar de juvenil, podem ser lidos por leitores de todas as idades por chamar a atenção da seriedade dos distúrbios mentais e por ser um lembrete constante de que somos capazes de afetar a vida de outras pessoas de maneiras que jamais poderíamos prever. Justamente por isso, devemos estar sempre alertas e agir da melhor maneira que pudermos.





Deixe o seu comentário

18 Respostas para "[Resenha] Os 13 Porquês – Jay Asher"

Anna Mendes - 20, janeiro 2017 às (13:56)

Oi Aione! Adorei a resenha!
Eu só vejo comentários positivos sobre esse livro e, após ler a sua resenha, a minha curiosidade em conhecer mais dessa história só aumentou. Parece ser uma leitura intensa e envolvente. Ao mesmo tempo que não deve ser uma leitura fácil, devido aos temas abordados na obra, como a depressão e o suicídio. Mas eu acho muito importante os autores trabalharem esses temas em suas obras, justamente para alertar as pessoas.
Espero ler esse livro em breve 🙂
Bjos!

Responder

Aciclea Vieira - 20, janeiro 2017 às (14:32)

Aione, esse livro até hoje não sei porque relutei tanto a ler,mas depois que fazemos a sua leitura observamos a sua importância.Ele nos traz o alerta que devemos ter muito cuidado com relação ao que falamos e também a forma que tratamos as pessoas,pois não sabemos como se encontra o interior delas a sua alma,se ela possui algum problema emocional e/ou psicológico, portanto é um livro muito válido e que todos deveriam ler.Beijinhos!😘❤

Responder

Giulianna Santicioli - 20, janeiro 2017 às (14:57)

Realmente TODO MUNDO fala desse livro, ainda não sei como não tive a cara de pau de ler ele, estou querendo ler faz tempo, mas sempre passo outras leituras na frente e algumas vezes até me arrependo por isso, adorei a resenha, gosto vastante de livros que tratam sobre problemas reais e nos fazem conhecer melhor esses problemas, ainda mais sobre depressão, em que até hoje continua sendo uma doença que leva um certo preconceito, por terem pessoas que acham que é pura frescura ou uma opção da pessoa estar daquele jeito, coisa que não é bem assim.

Responder

Rossana Batista - 20, janeiro 2017 às (15:03)

Nossa, que história impactante deve ser. Fiquei curiosa pra conhecer esses porquês. E que coragem da Hannah de enviar as fitas para a pessoa ficar sabendo que ela que teve haver com seu suicídio. Isso me soa como loucura.
Eu não conhecia o livro mas agora estou muito animada pra ler!

Responder

Nicoli Vieira - 20, janeiro 2017 às (16:11)

Aione, tentei ler esse livro há três anos atrás mas me cansei no início das primeiras páginas, e pela sua resenha, vejo que fiz a escolha errada. Pela sinopse não pensei que a história seria tão marcante assim, a única fez que eu li uma história desse modo foi o “Eu estive aqui”, e foi algo tão vivo, senti o que aconteceu com cada um daqueles personagens.
“Os 13 Porquês” parece ser uma leitura indispensável, espero poder retornar a minha leitura. Os temas são tão profundos, e é uma maneira de entendermos um pouco mais sobre essa doença que acaba com um ser humano.

Responder

Marta Izabel - 20, janeiro 2017 às (16:13)

Oi, Aione!!
A resenha ficou fantástica!! Já estou de olho nesse livro faz um tempo e espero descobrir no final da leitura desse livro os motivos que levaram a personagem a cometer o suicídio! ! Também espero ansiosa para assistir a série que vai ter baseado nesse livro!!
Beijoss

Responder

Rudynalva Correia Soares - 21, janeiro 2017 às (00:42)

Aione!
Falar sobre um tema como suicídio e ainda assim deixar a narrativa carregada de mistério, não é um tarefa fácil.
Acredito que o verdadeiro sentido do livro seja realmente mostrar para as pessoas que levaram a protagonista a cometer tal ato, o quanto elas a fizeram mal e aí ela consegue retribuir na mesma altura, todo sofrimento imposto a ela.
Devemos mesmo pensar em nossas atitudes e palavras, porque elas podem afetar alguém de uma forma que nem imaginamos…
“Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
cheirinhos
Rudy

TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

Responder

thaynara ribeiro - 21, janeiro 2017 às (11:31)

Eu lembro que quando li o livro foi pq estava sem energia elétrica e com o cel descarregado rsrs peguei e terminei em uma noite, quase virei lendo
Amei demais todas as descobertas sobre a Hannah e acho que tem alguma parte que morri de raiva dela pelo Clay. Preciso reler mas sei que é um livro que amei demais

Responder

Roberta Batista - 21, janeiro 2017 às (17:53)

Deve ser mesmo uma narrativa e tanto! Gosto muito quando o autor consegue prender o leitor do começo ao fim. Já pela resenha a gente fica com um gostinho de querer saber muito mais da história. Imaginei que o livro fosse mesmo bem intenso. É umtema muito complicado de se escrever, com certeza!

Responder

Ana Paula - 21, janeiro 2017 às (22:02)

Adorei a resenha Aione, e o meu ta aqui na minha estante, sera minha proxima leitura e confesso que to muito curiosa para ler esse livro, justamente porque muita gente indica ele. Logo descobrirei o que tanto tem nos 13 Porques.

Parabéns pelo blog sempre…

Ana Paula
http:paixaoporleituras.blogspot.com

Responder

Leticia Golz - 22, janeiro 2017 às (11:57)

Oi, Aione!
Adorei saber que gostou. Foi isso que senti. Mudei depois dessa leitura e passei a olhar para algumas pessoas de maneira diferente, com mais respeito e compreensão. É bem forte a narrativa da protagonista.
Só achei que como poderiam ajudar alguém que parecia não querer ajuda? Senti isso de Hannah. Ela parecia negar ajudar às vezes.
Mas em suma, também adorei a leitura. É sem dúvida, uma dica para agirmos de uma melhor maneira.
Adorei a resenha.

Responder

camila rosa - 25, janeiro 2017 às (16:13)

Nossa cade vez que escuto o titulo do livro a vontade de ler cresce hahaha, sou muito curiosa, e a muito tempo vejo falar, na verdade foram poucas resenhas lidas sobre ele, mas essas me bastaram para desejar o livro, quero muito saber o conteúdo de cada fita, espero ter a oportunidade de ler em breve.
Beijos *-*

Responder

Kemmy Oliveira - 27, janeiro 2017 às (16:02)

Simplesmente um dos melhores livros que já li! Li em 2014 pela primeira vez e há algumas semanas reli para um desafio que participei e a experiência não foi diferente.
A lição que fica sobre esse efeito dominó é super importante!
A narrativa concomitante entre os dois foi algo bom mas que me incomodou um pouco porque sentia o Clay meio egoísta, não sei. De qualquer forma acho que todo mundo deveria ler esse livro, em especial alunos do Ensino Fundamental.

Beijos

Responder

Lara Maria - 28, janeiro 2017 às (13:59)

Oii Aione
eu comecei a ler em PDF, mas parei porque tenho que ler outros livros, mas pelo o que li já gostei e mal posso esperar para continuar. Detesto ler online, mas como o livro é caro, eu quero tirar minhas conclusões antes de comprar, pois pasme, vi comentários de pessoas que não gostaram. Fiquei surpresa.
Beijos

Responder

Cailes Sales - 28, janeiro 2017 às (23:29)

Oii, Aione!!
Desde que a Pah indicou esse livro, eu tenho muita vontade de lê-lo. Gosto de histórias assim, que mexam conosco e que nos faça refletir. Agora que vc tb deu sua opinião positiva, só posso esperar um livro realmente envolvente e reflexivo. Assim que eu conseguir adquirí-lo (ele é muito difícil de encontrar!), farei a leitura e tenho certeza que vou adorar.

Bj!

Responder

suzana cariri - 31, janeiro 2017 às (00:14)

Oi!
Também sempre ouça falar muito sobre o livro Os 13 Porquês e fiquei bem interessada nessa historia, só que depois acabei vendo que não irei gostar muito dessa historia, mas agora depois de ler essa resenha voltei a ficar interessada nessa historia, acho bem diferente e curiosa essas mensagens que a Hannah vai deixando, principalmente a forma e gostei dessa mensagem que a autora acaba nos deixando, me deixando curiosa para poder ler !!

Responder

Ana I. J. Mercury - 31, janeiro 2017 às (21:35)

Parece ser um livro muito forte e reflexivo, que nos leva a tantos questionamentos…
Já faz um bom tempo que quero lê-lo, porém, e o medo? Tenho medo do que vou encontrar… é um assunto tão delicado, tão sério, mas importante ser sempre comentado e prevenido.
Gostei muito da sua resenha, me deixou com mais vontade de ler (e logo).
bjss

Responder

Thais - 01, abril 2017 às (23:39)

Hoje uma amiga veio me falar que lançou a serie do livro os 13 porques e eu ja comecei assitir e estou amando , magina quando eu ler o livro …

Apesar que prefiro ler o livro pra depous assitir. 😊😊

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por