[Resenha] Ninfeias Negras - Michel Bussi | Minha Vida Literária
22

fev
2017

[Resenha] Ninfeias Negras – Michel Bussi

Título: Ninfeias Negras
Autor: Michel Bussi
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 352
Ano de Publicação: 2017
Skoob: Adicione
Compre: Amazon ♥ AmericanasSaraiva ♥ Submarino

Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho.

É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte – principalmente as protagonistas.

Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.

Michel Bussi me conquistou com O Voo da Libélula, uma de minhas melhores leituras de 2015. Agora, com Ninfeias Negras, o autor comprovou sua habilidade em tecer tramas repletas de mistério com pontas habilmente unidas, de maneira a me fazer ansiar por mais e mais de suas obras.

Na pequena cidade de Giverny, lar de Monet e paisagem de suas telas, o assassinato de um de seus habitantes dá início a uma investigação. Contudo, as pistas parecem levar a lugar nenhum, demonstrando que o caso é muito mais do que aparenta. Enquanto isso, a vida de três diferentes mulheres, em três diferentes idades, se desenrola paralelamente, estando todas elas de alguma maneira conectadas aos acontecimentos.

Assim como em seu outro livro, Michel Bussi inicia Ninfeias Negras atiçando a curiosidade do leitor ao máximo: apresenta um certo panorama do que será encontrado nas páginas que se desenrolarão, porém, sem revelar seus mistérios, de forma a intensificá-los. Dessa maneira, começamos a desenvolver inúmeras hipóteses conforme a leitura segue, ávidos pela verdade que só será revelada ao final. E, mais uma vez, o autor me surpreendeu por completo.

Fiquei completamente de boca aberta ao compreender a trama de Ninfeias Negras. Não imaginei em momento algum o final do livro e só pude admirar Michel Bussi por sua capacidade de conduzir o leitor pelo enredo e, ao mesmo tempo, conseguindo despistá-lo. Com isso, a surpresa final é ainda mais intensificada, nos fazendo repensar toda a história até então lida.

Devo dizer que, infelizmente, realizei a leitura da obra em um momento terrível de ressaca literária, de maneira que não consegui me prender a ela quase que pelo livro todo. A consequência é que certamente não me ative aos detalhes e sequer me esforcei para tentar compreender sozinha o caso. Porém, quando tudo é revelado, foi imediatamente fisgada para as páginas e senti imensamente por todas anteriormente perdidas.

Ninfeias Negras foi um dos thrillers policiais mais bem construídos que já tive a oportunidade de ler, que não perdeu seu brilho mesmo comigo não sendo capaz de me entregar por completo à leitura. Michel Bussi é certamente grandioso no gênero, sendo capaz de combinar uma escrita poética e primorosa com uma trama extremamente bem construída e desenvolvida, que, também, traz pitadas certeiras de romance. Recomendo suas obras a todos apreciadores de um bom mistério e que buscam por leituras surpreendentes; as chances de se decepcionar com o autor são um tanto quanto baixas.





Deixe o seu comentário

11 Respostas para "[Resenha] Ninfeias Negras – Michel Bussi"

Lili Aragão - 22, fevereiro 2017 às (09:35)

OI Aione, esse parece ser um livro muito interessante e como você disse pra ser lido com atenção aos detalhes que fazem toda a diferença na conclusão do mistério. Imagino que o final deve ser bem surpreendente já que mesmo em meio a uma ressaca literária (espero que vc já a tenha superado rs) você conseguiu ser fisgada para o livro em seu desfecho 😉 Ainda não conheço o autor, e apesar de ler poucos thrillers policiais gosto de fugir de vez em quando da zona de conforto e já anotei esse livro como uma dica pro futuro 😉

Responder

Milena Moreira - 22, fevereiro 2017 às (10:57)

Já vi muitas blogueiras falarem super bem desse livro e do autor, infelizmente ainda não li nenhum livro dele, e depois da sua resenha tenho certeza que assim que conseguir um tempinho vou ler esse livro <3

Responder

Aciclea Vieira - 22, fevereiro 2017 às (18:26)

Aione,amo tramas repletas de mistério,,e que no final as pontas são habilmente unidas.Fiquei curiosa em saber como a vida de três mulheres tão diferentes podem estar de alguma maneira conectada aos acontecimentos.Muito bom o autor ter te surpreendido por completo.Que bom, mesmo não ter podido se entregar a leitura totalmente ,ela tenha sido tão válida.Amo escritas poéticas e pitadas certeiras de romance.Irei conferir.😘💗

Responder

Caroline Garcia - 22, fevereiro 2017 às (18:53)

Ganhei esse livro mas não tive coragem de ler ainda.
Confesso que o gênero não me agrada muito, mas pelo que ando vendo a história desse livro parece ser bem interessante, com um certo diferencial.
Fiquei curiosa pra conhecer as histórias dessas 3 mulheres e vou ler em breve, com certeza.
Gostei bastante da sua opinião, me ajudou a ver melhor a obra 🙂
Beijos,
Caroline Garcia

Responder

Alison de Jesus - 23, fevereiro 2017 às (18:02)

Olá, com tantas tramas clichês é difícil achar um livro do gênero policial que prenda o leitor e faça com que ele teorize sobre os fatos, não conhecia esse autor mas vejo que sua escrita é viciante. Beijos.

Responder

thaynara ribeiro - 24, fevereiro 2017 às (10:40)

Desde o lançamento quis muito esse livro e pela resenha não vou me arrepender quando lê-lo. Gosto de suspense e o autor parece nos guiar dentro da história muito bem

Responder

Rissia Ribeiro - 24, fevereiro 2017 às (23:14)

Oi mana, eu sempre tenho medo de pegar um livro depois de uma ressaca literária porque tenho medo que a leitura seja prejudicada por causa do estado que o outro livro me deixou. bem não posso negar que achei o enredo muito interessante mas eu não senti aquela vontade de ler o livro sabe ? Acho que é porque thriller nunca foram exatamente o meu tipo preferido de leitura.

Responder

Palavras e Notas - 25, fevereiro 2017 às (16:55)

Eita, Aione, primeiramente gostaria de dizer que compreendo isso de ler em plena ressaca literária, às vezes a gente perde uns detalhes que, outrora, seriam importantes mesmo, mas que bom que ainda asism você aproveitou e aprovou a leitura. É a primeira resenha que leio do livro, eu já morria de interesse pela obra tanto por ser thriller quanto por ter essa coisa de personagens diferentes (ao menos à primeira vista) interligadas, esse, sem dúvida, vai para a lista! Apesar de não ter lido nada do autor, você já me disse ter lido outra obra dele, então agora é só relaxar e comprar o meu exemplar :3

Abs!

Responder

Rudynalva Correia Soares - 26, fevereiro 2017 às (23:00)

Aione!
Adoro thriller policiais e se são bem escritos e trazem um suspense do início ao final, não tem como não desejar muito a leitura.
Sinto que tenha lido o livro em época de ressaca literária, deve ser horrível, nunca passei por isso e estero nunca passar.
Fato é que me interessei muito por toda a trama e quero conferir a leitura.
Bom carnaval e moderação, hein?
“Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
cheirinhos
Rudy

Responder

Adriana Holanda Tavares - 27, fevereiro 2017 às (10:35)

Olá,

Tenho lido muitos comentários positivos desse livro e a curiosidade para iniciar essa leitura só aumenta. Achei incrível a ambientação francesa, imagino que a menção as obras de artes e também à arquitetura, realmente seja um enriquecimento na história. Dica super anotada.

Abraços,

Responder

Lara Caroline - 28, fevereiro 2017 às (14:57)

Oi Aione!
Essa já é a segunda resenha super positiva que leio sobre este livro, o que me deixou mais animada ainda pela leitura.
Gosto basante de livros no estilo de suspense e investigação e acho que este não parece decepcionar nem um pouco, fiquei bem intrigada com o nome do livro e achei essa capa maravilhosa.
Beijos

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por