[Resenha + Promoção] Em Águas Sombrias - Paula Hawkins | Minha Vida Literária
09

maio
2017

[Resenha + Promoção] Em Águas Sombrias – Paula Hawkins

Resenha “Em Águas Sombrias”

Título: Em Águas Sombrias
Autor: Paula Hawkins
Editora: Record
Número de Páginas: 364
Ano de Publicação: 2017
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraiva ♥ Submarino

Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás.

Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos…

Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.

Paula Hawkins conquistou lugar de destaque como autora de thrillers psicológicos após o sucesso de A Garota no Trem. Seu recém lançamento, Em Águas Sombrias, cuja estreia mundial aconteceu no último dia 2 e trazido ao Brasil pela editora Record, não só é capaz de confirmar sua posição de renome como pode, também, alavancá-la ainda mais.

A relação entre as Jules e Nel sempre foi frágil e complicada – motivo pelo qual Jules sempre evita a irmã. Até que Nel aparece morta no rio que corta a cidade, obrigando Jules a retornar para o lugar onde ela acreditava já ter deixado para trás. Acontece que, pouco tempo antes da morte de Nel, uma adolescente morreu no mesmo lugar. Agora, a morte de ambas não só abre perguntas para a verdade por trás de seus trágicos fins como também passa a desenterrar segredos do passado.

É principalmente a escrita de Paula Hawkins que garante a força de Em Águas Sombrias. Alternando primeira e terceira pessoa de acordo com as narrativas das mais diversas personagens, nos vemos rodeados por múltiplas impressões, montando um quadro tão instável e turvo como se estar sob as águas de um rio revolto. Encaramos os medos e questionamentos das personagens e somos levados por eles, sem saber se eles nos dão uma base sólida para montar uma imagem preciso dos fatos ou uma tão variável quanto as impressões demonstradas.

Dessa maneira, ao mesmo tempo em que segui a leitura muitas vezes confusa, já que é grande a gama de personagens e demoramos um pouco para nos situar sobre os acontecimentos, fiquei também presa a ela do início ao fim, sem conseguir suspeitar do que poderia estar sendo contado ou ocultado. Já que, a todo momento, há impressões e perspectivas variando, não há brechas para que o leitor construa um norte – ele é simplesmente levado pelas direções que o livro aponta, e que mudam conforme novas visões e ponderações são apresentados. O caminho do Em Águas Sombrias é tão instável quanto a certeza de alguém sobre a vida pode ser, e sua capa certamente retrata muito bem a atmosfera trazida em seu conteúdo.

Ainda, da mesma maneira que em A Garota no Trem, Paula Hawkins aborda diversas questões de gênero em Em Águas Sombrias, sobretudo machistas e misóginas, demonstrando o quanto as mulheres, principalmente, são negativamente afetadas por essa cultura que nos cerca. Esse, assim como o primeiro da autora, é um livro sobre violência contra a mulher e sobre as diferentes maneiras que ela tanto pode se apresentar quanto se mascarar.

Vale dizer, por fim, que mais do que a solução em si do caso, temos a busca das personagens em se reconciliarem com seus passados e memórias, lidando com seus próprios traumas e receios. Em Águas Sombrias, é, também, uma história de reconciliação e redenção, e uma exposição sobre a complexidade do caráter humano, no qual, muitas vezes, bem e mal estão intricados que se tornam indissociáveis.

De maneira geral, Em Águas Sombrias me proporcionou uma leitura menos frenética do que A Garota no Trem no sentido de a narrativa em si ser mais entrecortada e, justamente por isso, acabei ficando presa ao mistério do livro, sendo capaz de seguir sem decifrá-lo. Paula Hawkins aprimorou suas habilidades em construir uma história repleta de suspense, elevando o caráter psicológico da trama ao máximo, e certamente me deixou ainda mais curiosa para entrar em contato com suas obras futuras.

 

Promoção “Em Águas Sombrias”

Que tal ganhar um exemplar de Em Águas Sombrias? Confira as informações para participar!

 

Regras:

  • Ter endereço de entrega no Brasil;
  • Preencher o formulário do Rafflecopter.

 

Prêmios

Considerações:

  • Após preenchida a entrada obrigatória, as demais são opcionais;
  • Nas opções em que é necessário visitar fanpages do Facebook, é preciso, também, curti-las para que elas sejam validadas como chances extras;
  • A promoção tem início hoje e ficará no ar até às 23h59 do dia 20/05;
  • O vencedor será contatado por email e terá até 48h para respondê-lo;
  • O livro será enviado em até 40 dias úteis.
  • O blog não se responsabiliza em caso de perda ou extravio, e um novo envio do prêmio não ocorrerá nesses casos. Certifique-se de que sempre haverá alguém em casa para recebê-lo, e confira corretamente os dados de entrega antes de mandá-los quando for contatado.
  • Para informações gerais sobre a política das promoções, acesse o tópico “Promoções” aqui.

 

a Rafflecopter giveaway

Boa sorte a vocês!





Deixe o seu comentário

17 Respostas para "[Resenha + Promoção] Em Águas Sombrias – Paula Hawkins"

Marcelle Gonçalves - 09, maio 2017 às (18:50)

Oi, Aione!
Como sempre a sua resenha está ótima. Muito bem escrita e instigante.
Me deixou com mais vontade de ler ainda. E essa capa? Record sempre arrasando!
Beijos!

PS: Estou louca para ler o seu livro! Espero que seja lançado ainda este ano. E parabéns por mais essa conquista!

Responder

Paloma Martins - 09, maio 2017 às (19:30)

Oi, Aione! Adorei a sua resenha, você escreve muito bem, vou acompanhar o blog de agora em diante!
Eu só li “A Garota do trem” dessa autora e adorei a escrita dela, não sabia que tinha esse livro também, vou participar do sorteio e torcer muuuuito
Beijos 🙂

Responder

Aline M. Oliveira - 10, maio 2017 às (08:58)

Adorei a resenha! Amo thrillers psicológicos, desses que deixam a gente pensando no que pode ter ou não acontecido, quem fez o que. Estou anciosa pra conferir esse livro!
Participando!
Seguindo como Aline M. Oliveira
alinemartinsoliveira1@gmail.com
Bjoss ♥ ♥

Responder

Aline Santos - 10, maio 2017 às (09:12)

Olá!!
Adorei conhecer o livro, nunca tinha lido nd dle, capa linda, enredo bom, qro ler, eu vi apenas o filme da Garota do trem, infelizmente não li o livro ainda, qro mto tbm…
Parabéns pela resenha!
Participando!
Aline Santos
liihgomes87@gmail.com

Responder

Rosi oliveira - 10, maio 2017 às (10:39)

Estou bem curiosa p ler esse livro,pois sou apaixonada por historias misteriosas a qual somos levados em uma direçao e no final descobrimos q fomos enganados e td se resolve de forma surpreendente .
Nao li A garota do trem da msm autora mas cm certeza esse novo titulo ira surpreender a tds,bjs ao blog e sucesso

Responder

rudynalva - 10, maio 2017 às (15:43)

Aione!
A princípio imagino o quanto deve ser mesmo complicado tantas personagens e pontos de vista diferenciados, mas acredito que aí que dá o clima desse thriller, afinal, vamos acompanhando cada modo de ver uma mesma situação e ficamos na dúvida quanto a resolução do mistério.
Super curiosa em poder fazer a leitura.

Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
RUDYNALVA CORREIA SOARES
rudynalva@yahoo.com.br
“A sabedoria dos homens é proporcional não à sua experiência mas à sua capacidade de adquirir experiência.” (George Bernard Shaw)
Cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Responder

Lenny Milla - 12, maio 2017 às (16:07)

Participando
Email: lenny.milla@hotmail.com

Responder

Márcia Saltão - 13, maio 2017 às (14:13)

Oi!
Que resenha fantástica, você escreve muito bem, parabéns!
Eu li A Garota no Trem e gostei bastante da leitura. Gostou muito desse estilo.
Não conhecia esse livro da autora, mas já está na lista, pois gostei da escrita da mesma e será ótimo fazer a leitura dessa obra.
Obrigada pela dica. Participando do sorteio e torcendo para ganhar.
Beijos.

Responder

Thaís Dória de Góes - 13, maio 2017 às (19:17)

Gostei muito do livro A garota no tem então estou realmente animada para ler esse livro. Achei a capa linda.

thaisdoria@live.com

Responder

Maristela Rezende - 15, maio 2017 às (13:59)

Ainda não li o livro anterior A Garota no Trem e já estou super interessada nesse livro. Preciso urgente dos dois. Quanto a resenha gostei muito pois me deu uma idéia do que esperar do livro.

Participando
mgrezender@gmail.com

Responder

Jaque Braquini - 15, maio 2017 às (18:21)

Estou mega curiosa pra ler esse livro. Me surpreendi positivamente com a escrita da autora em A Garota No Trem. Só estou com um pouco de receio sobre esse livro devido a esse “excesso” de pontos de vista narrados.

Responder

Marta Izabel - 15, maio 2017 às (23:47)

Estou louca de curiosidade para ler esse livro!! Super participando desse sorteio!!
Beijoss

Responder

Helena - 16, maio 2017 às (13:28)

Que ótima promoção <3 Estou participando e torcendo para ganhar!

Responder

Mariana - 16, maio 2017 às (16:52)

Aione, li A Garota no Trem e adorei! Foi o primeiro e único triller que li que me agradou co o final, a autora conseguiu criar uma história fantástica e que o final manteve a mesma qualidade, por isso tem grandes expectativas com Em águas sombrias. Sua resenha me diz que seguirá o bom suspense e outras que li também. Estou torcendo muito para ganhar 🙂

Responder

Isabela Carvalho - 16, maio 2017 às (23:19)

Oi aione!
Estou doida pra ler o livro.
Ainda não li A Garota no Trem, mas vi o filme e adorei!
Participando!
Isabela Carvalho
isabelaalebasi@yahoo.com.br

Responder

Maíra Souza - 17, maio 2017 às (23:50)

Ainda não li nada da Paula Hawkins mas fiquei com muita vontade de ler A Garota do trem. Vi o filme, e gostei bastante, acredito que o livro é ainda melhor!
Em águas sombrias senti que rola muito mais mistério, começando pela capa do livro. Achei linda e adoro mistério!
Participando! =D
maiiira04@gmail.com

Responder

Paloma Monteiro - 31, maio 2017 às (08:26)

Estou super curiosa pra realizar essa leitura, apesar de a sinopse ter me instigado menos do que o primeiro livro da autora.
Quando li o livro “a Garota no trem” assim como vc, fui bem veloz quanto ao ritmo da leitura, porem a minha conclusão foi que ele era um livro bom porem o “agito” que se fez em volta dele foi demais, é aquela famosa frase “não é aquela coca cola toda”, mas gostei da escrita da autora o que me motiva a tentar realizar a leitura deste livro….

Responder

Últimas Resenhas

Calendário de posts

maio 2017
S T Q Q S S D
« abr   jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por