[Resenha] À Primeira Vista - David Levithan & Nina LaCour | Minha Vida Literária
25

jul
2017

[Resenha] À Primeira Vista – David Levithan & Nina LaCour


Título: À Primeira Vista
Autor: David Levithan & Nina LaCour
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 294
Ano de Publicação: 2017
Skoob: Adicione
Compare e compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Mark e Kate são da mesma turma de cálculo, mas nunca trocaram uma única palavra. Fora da escola, seus caminhos nunca se cruzaram… Até uma noite, em meio à semana do orgulho gay de São Francisco. Mark, apaixonado pelo melhor amigo — que pode ou não se sentir do mesmo jeito —, aceita o desafio que mudará sua vida. E sobe no balcão do bar em um concurso de dança um pouco diferente…

Na plateia, Kate, fugindo da garota que ela ama a distância por meses e confusa por não se sentir mais em sintonia com as próprias amigas, se encanta pela coragem e entrega do rapaz. E decide: eles vão ser amigos. Em meio a festas exclusivas, fotógrafos famosos, exposições em galerias hypadas, essa ligação se torna cada vez mais forte. E Mark e Kate logo descobrem que, em muito pouco tempo, conhecem um ao outro melhor que qualquer pessoa. Uma história comovente sobre navegar as alegrias e tristezas do primeiro amor… uma verdade de cada vez.

Basta um livro ter “David Levithan” escrito na capa para que eu me interesse por sua leitura, e À Primeira Vista, co-parceria entre o autor e Nina LaCour, foi mais um YA que entrou direto na minha lista de favoritos do gênero.

Mark é apaixonado pelo melhor amigo, Ryan. Embora eles fiquem de vez em quando, a situação entre eles não é clara pra ele. São apenas amigos? São mais do que isso? Kate, por sua vez, está para conhecer a prima de sua melhor amiga, uma garota com quem tem sonhado há meses. Contudo, Kate tem o hábito de fugir de situações que a amedrontam. Então, quando ela se depara, em uma noite, com Mark dançando em um bar – um desafio que ele se propôs a cumprir para chamar a atenção de Ryan – ela sente que ela e Mark devem ser amigos, já que são colegas em sala de aula e nunca se falaram.

A narrativa de À Primeira Vista, sempre em primeira pessoa, intercala as perspectivas de Mark e Kate, de forma que tanto ambos assumem a mesma importância na história quanto podemos acompanhar seus anseios. E com uma escrita leve e envolvente, David Levithan e Nina LaCour conseguem cativar o leitor para a história e, de certa forma, enganá-lo: de uma maneira despretensiosa, ela exibe muito mais força do que aparenta.

A trama pouco a pouco se desenrola e não vai muito além dos dramas de ambos adolescente ao longo de apenas uma semana. Contudo, há uma força inegável na narrativa, de maneira que me vi acompanhando uma história de duas pessoas deixando suas respectivas zonas de conforto, sendo obrigadas a encararem seus receios e, assim, serem mais honestos sobre quem realmente são e o que realmente querem. E isso me tocou profundamente.

Assim, À Primeira Vista tem uma história simples, escrita de maneira simples e, de certa forma, transmite uma mensagem simples. Entretanto, é impossível não sentir a paixão com que o livro foi escrito e não ser tocado pelos ideais ali transmitidos. O livro transborda amor, transborda orgulho, transborda amizade e transborda a importância de se ser quem se é, de se seguir o que se quer e se acredita. Acima de tudo, o livro transborda movimento: a importância de deixarmos nossa comodidade para trás e encararmos o que nos amedronta. Só assim é possível superar. Só assim é possível avançar. E, se cairmos no meio do caminho, isso não importa – nós conseguimos levantar, ainda mais se houver quem nos ampare.

Terminei À Primeira Vista com um sorriso nos lábios e singelas lágrimas no rosto, após uma leitura extremamente rápida, leve e fluida. David Levithan e Nina LaCour me tocaram por meio de Mark, Kate e tantos outros que compõem a história sem fazer dela algo além de simples. Porque, na maioria das vezes, as coisas são simples. A gente é que costuma complicar.





Deixe o seu comentário

9 Respostas para "[Resenha] À Primeira Vista – David Levithan & Nina LaCour"

Caroline Chagas - 25, julho 2017 às (20:48)

Nunca li nada do David Levithan, mas já ouvi coisas muito boas sobre ele. Fiquei muito curiosa para ler esse livro, eu amei essa capa!

Responder

Nayane Evylle - 26, julho 2017 às (11:53)

Ja tinha visto esse livro e fiquei super interessada nele. Gostei do desenrolar do enredo. Kate e Mark parecem que vão se ajudar e se tornar bons amigos. Curiosa pra acompanhar a jornada desse dois *-*

Responder

Michelli Prado - 26, julho 2017 às (14:40)

Romances leves e que nos prendem a gente ama, né? Já li um livro do autor e também adorei, ainda não conhecia este livro, mas parece ser uma ótima pedida de uma leitura mais leve e fluida! E esta capa é linda demais? Mais im romance que sou adorar conferir!

Responder

RUDYNALVA CORREIA SOARES - 26, julho 2017 às (15:34)

Aione!
Concordo com você, as coisas são simples e nós é que temos mania de complicá-las sem necessidade.
Deve ser um livro delícia de ler, onde os protagonistas vão em busca de se encontrar como pessoa e em busca de seus ideias, de forma leve e corriquiea e com simplicidade, o que é o melhor.
“Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
Cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Responder

Fabiana Roberta - 26, julho 2017 às (18:49)

Oi Aione li apenas Todo dia do David Levithan e até que gostei,este livro eu já tinha ouvido falar mas não tinha dado muito crédito pra ele não, agora estou mudando a minha opinião parece ser um livro bem gostoso de ler acho que vou gostar principalmente se aborda esta coisa de sair da nossa zona de conforto já que eu sou meio medrosa.
Bjs

Responder

beatriz rosa - 26, julho 2017 às (22:29)

Oi Aione!
Como nunca ouvi falar desse livro antes? Amei a sinopse, entrou super pra minha lista de leitura.
Adoro livros que falam sobre amizade, acho que vou adorar a amizade de Mark e Kate.
Nunca li nada do David Levithan, nem da Nina LaCour, mas apenas pela sinopse tenho altas expectativas haha!
Ótima resenha!

Responder

Lana Silva - 27, julho 2017 às (08:11)

Ainda não tive oportunidade de ler os livros deste autor, mas confesso que tenho bastante interesse, principalmente nesta obra após ler sua resenha. A forma simples com que a estória foi construída, e ainda sim consegue demonstrar problemas pessoais as quais os adolescentes tende a enfrentar, e para poder passar por cima de tudo isto, temos de levantar a cabeça. Acredito que esta será uma leitura envolvente e cativante.

Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros “O Casal que mora ao lado” e “Paris para um e outros contos”.
http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

Responder

Mariana Paiva - 28, julho 2017 às (18:06)

Esse foi um dos livros falados no Mochilão da Record e lembro que as pessoas soltaram um “awwwnnn” quando apareceu ele no telão devido ao escritor, David Levithan que é um querido de muitos leitores. Eu ainda não li nada dele. Mas imagino que tenha uma razão para toda a fama dele. Gosto muito de narrativa intercalada, me sinto mais próxima dos personagens. E também sobre as perspetivas de cada um com a situação.
À Primeira Vista tem uma capa super doce, com uma cor bem bonita. Adorei a resenha. Me fez ficar com vontade de ler e assim como você, terminar entre algumas lágrimas e sorrisos.

Responder

Lily Viana - 28, julho 2017 às (19:52)

Olá Aione!
Eu já li um livro de David Levithan, realmente ele tem uma fofura linda nos livros para se ler e com certeza esse livro me encantou. A trama e super fofa, onde demonstrar nossos medos, amores, desamores, sonhos e também aprende a se conhece a si mesmo, o livro e uma coisa maravilhosa e parece ser uma leitura leve que você irá se encanta nas primeiras paginas.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por