[Resenha] Nossa Música - Dani Atkins | Minha Vida Literária
27

jul
2017

[Resenha] Nossa Música – Dani Atkins

Título: Nossa Música
Autor: Dani Atkins
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2017
Skoob: Adicione
Compare e compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Ally e Charlotte poderiam ter sido grandes amigas se David nunca tivesse entrado em suas vidas. Mas ele entrou e, depois de ser o primeiro grande amor (e também a primeira grande desilusão) de Ally, casou-se com Charlotte.

Oito anos depois do último encontro, o que Ally menos deseja é rever o ex e sua bela esposa. Porém, o destino tem planos diferentes e, ao longo de uma noite decisiva, as duas mulheres se reencontram na sala de espera de um hospital, temendo pela vida de seus maridos. Diante de incertezas que achavam ter vencido, elas precisarão repensar antigas decisões e superar o passado para salvar aqueles que amam.

Com a delicadeza tão presente em seus livros, Dani Atkins mais uma vez nos traz uma história de emoções à flor da pele, um drama familiar comovente que não deixará nenhum leitor indiferente.

Vibrei com a publicação de Nossa Música por já me considerar fã assumida de Dani Atkins, após ter amado Uma Curva no Tempo e A História de Nós Dois. Contudo, de seus três livros publicados pela editora Arqueiro, esse foi o único a me deixar com sensações completamente ambíguas ao finalizá-lo, não sabendo definir, ao certo, se gostei ou não da leitura.

Ally e Charlotte se reencontram, após muitos anos, na sala de espera de um hospital, no qual seus maridos lutam por suas vidas. Ambas poderiam ter sido amigas, se David, marido de Charlotte, não tivesse sido o primeiro amor e primeira decepção de Ally. Agora, em uma situação em que nunca se imaginaram, as duas serão obrigadas a olhar para o passado de que tentam fugir e reavaliar certos aspectos de suas próprias vidas.

Ainda que os capítulos de abertura e finalização de Nossa Música sejam narrados em terceira pessoa, a narrativa majoritária da obra é em primeira pessoa, ora pela perspectiva de Ally, ora pela de Charlotte. Ainda, a narrativa se alterna entre presente e passado, não obedecendo uma linha cronológica, e alterando a ordem com que os fatos são narrados de acordo com as próprias lembranças suscitadas nas personagens. O interessante desse artifício de Dani Atkins está em conhecermos as duas mulheres ao mesmo tempo, compreendendo seus pontos de vista igualmente, sem que haja a valorização de uma em detrimento da outra.

Assim como nas demais obras da autora, há uma extrema conexão entre as emoções das personagens e a história narrada, de forma a, desde o início, acompanharmos intimamente como cada uma encara os acontecimentos. Somos transportados para dentro de seus anseios e desejos, o que nos proporciona entendê-las, acima de tudo. Essa conexão emocional é também responsável por nos fazer mergulhar na trama de Nossa Música, igualmente ansiando e temendo seu desfecho, lutando com as personagens por suas sobrevivências tanto na situação hospitalar quanto com relação ao encontro com seus próprios fantasmas. A partir de determinado momento, o virar de páginas se torna imperceptível, e a curiosidade pelas conclusões e revelações é cada vez mais intensificada.

E foi então que me vi completamente decepcionada pela resolução dada por Dani Atkins. Muito antes de ser revelada, já fui capaz de supo-la, e sem acreditar que teria sido essa, de fato, a escolha da autora. Ainda que eu realmente tenha me emocionado com a história, achei seu desfecho completamente banal, beirando o dramaticamente apelativo, ao invés de algo sensível e habilmente resolvido. Foi como se a autora tivesse optado pelo óbvio, por sua força dramática, e isso me decepcionou. Gosto de dramas em histórias quando sinto serem realmente justificados, e não simplesmente como um artifício emocional, como senti aqui. Preferiria ter visto um aprendizado diferente pelas personagens do que o que acaba acontecendo.

Dessa maneira, Nossa Música foi um livro que me envolveu em todos os sentidos – trama, personagens – e que sim, me emocionou. Porém, sua resolução ficou muito aquém das minhas expectativas por ter me parecido muito forçada, simplesmente para causar comoção, e por eu sentir que Dani Atkins seria capaz de mais – afinal, seus dois outros livros me conquistaram justamente por terem me surpreendido. De qualquer forma, a mensagem de Nossa Música é completamente válida, já que nos faz refletir sobre a complexidade de situações e relações e sobre o que realmente merece ser valorizado em nossas vidas.





Deixe o seu comentário

11 Respostas para "[Resenha] Nossa Música – Dani Atkins"

Fabiana Roberta - 27, julho 2017 às (18:23)

Oi Aione, nossa como eu estava com muita expectativa com esta leitura,também gostei muito dos outros livros da autora agora estou com um pouco de receio em ler,apesar da curiosidade em saber o desfecho desta história acho que vou adiar esta leitura ,mas ainda pretendo ler.
Bjs

Responder

Raissa Novaes - 27, julho 2017 às (21:04)

Olá Aione!
Estou muito ansiosa para ler esse livro pelo mesmo motivo que você. Eu simplesmente amei os outros dois livros da autora, com toda aquela carga dramática e os ótimos desfechos.
Estou com bastante expectativa com esse livro, vamos ver como serão as minhas impressões. Espero gostar tanto quanto os outros. Veremos kkkk
Adorei sua resenha ♥
Beijos!

Responder

RUDYNALVA CORREIA SOARES - 28, julho 2017 às (14:34)

Aione!
Quando gostamos muito de uma autora e já sabemos a dinâmica de sua escrita, ficamos mesmo com medo de ler um livro que traz uma premissa diferente, porque não sabemos o que virá.
E que bom ver que mesmo trazendo duas famílias ligadas pelo passado e com seus problemas a serem resolvidos no presente, a autora soube conduzir a trama com maestria.
Bom final de semana!
“Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
Cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Responder

Ivi Campos - 28, julho 2017 às (16:53)

Vim aqui deixar registrado que este livro conseguiu me deixar tão arrasada, que perdi completamente o rumo quando a leitura finalizou. Aliás, antes de acabar, eu já estava mal, torcendo para que as 30 páginas finais fossem de agradecimentos, propagandas e afins, porque semmmmm ooooorrrrrr, como chorei… Acho que a autora conheceu alguém na vida chamada Ally, foi um desafeto pessoal dela e ela decidiu se vingar no livro, fazendo a personagem com o mesmo nome sofrer MUITO!
Esse livro me fidelizou e Dani Atkins ganhou lugar de honra na minha biblioteca, mas entendo os seus argumentos para que a leitura não te deixasse tão satisfeita.
Beijos

Responder

Nayane Evylle - 28, julho 2017 às (18:26)

Oi Aione! Achei a proposta da autora muito interessante. Um acidente que une o passado das vítimas e a relação da Charlotte e da Ally. Não sei o que esperar , mas não gosto de finais óbvios assim. Espero não advinhar o que vai acontecer e nem achar apelativo, por que quero me surpreender muito com essa história.

Responder

Mari - 28, julho 2017 às (18:43)

Aione, Nossa Musica está na lista de desejados desde o lançamento e a sua é a primeira resenha que leio sobre a obra; e fiquei com pé atrás de correr para ler. Por quê? Por causa do livro De Volta Para Casa, conhece? É um drama familiar, que tem um pouco do Nossa Música e que me desagradou, acho por ter altas expectativas.
Eu não conheço a escrita da Dani Atkins, mas estou com os outros livros na minha meta de leitura, e acho que vou optar por lê-los primeiro e pegar a Nossa Música em outro momento; também curto um drama justificado. xD
bjosss,
http://www.papuff.com

Responder

Lily Viana - 28, julho 2017 às (19:46)

Olá Aione!
Que fofura de resenha. Quando lançou esse livro fiquei muito curiosa pela trama dele, o livro e bem diferente e sempre bom também conhecer o ponto de vista das duas, do que apenas de uma e fica naquela de saber os pensamentos da outra personagem. Gostei muito do livro e da resenha, tem aquele superamento do passado, procurar rever e lembrar o que realmente aconteceu e apenas procurar aceita tudo isso..Realmente um livro super fofo!

Responder

beatriz rosa - 29, julho 2017 às (12:52)

Oi Aione!
Estava muito ansiosa para ler esse livro, até então não li nada da escritora mas depois de algumas resenhas fiquei um pouco confusa se ainda quero ler ou não. Parece ser um livro muito envolvente mas fiquei com o pé atrás depois de ler sobre o desfecho.
De qualquer forma irei ler para tirar minhas próprias conclusões.
Otima resenha!

Responder

Mariana Paiva - 30, julho 2017 às (12:32)

Como eu já havia dito no outro post não sei se esse livro iria me agradar. Imagino que algumas situações iriam me
irritar um pouco. Ainda não li nenhum livro dessa autora. Gosto bastante de narrativas intercaladas. Como não tenho intenção de ler acho que vou pedir spoiler pra alguém. Quero saber que final foi esse que acabou se tornando um desfecho “banal”, previsível e forçado.

Responder

Michelli Prado - 31, julho 2017 às (17:46)

Li muita resenha positiva sobre este livro e já fiquei muito curiosa pois a capa e sua sinopse chama muito a nossa atenção. Creio por ter toda esta trama complexa e parecer ser envolvente. Com certeza é um livro que tenho já na minha lista de desejados…Ainda não tive a oportunidade de ler nada da autora, mas creio que quando for ler ele, não terei tantas expectativas . Ficou um amor as fotos dele ♥

Responder

LETICIA BRUNA SANTIAGO - 14, agosto 2017 às (17:09)

Eu, particularmente, sou fácil de amar qualquer obra da Dani Atkins, mas o final desse livro também me deixou um pouco frustrada. Foi algo que, em uma certa parte do livro, eu já que decifrei tudo o que ia acontecer depois. Mas, mas de qualquer maneira, eu adorei a história, super me envolvi com os personagens. ❤

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por