[Diversos] Inspirações do Mês | Viagem | Minha Vida Literária
30

ago
2017

[Diversos] Inspirações do Mês | Viagem

Oi, gente! Mais um dia 30 e, com ele, um novo Inspirações do Mês, projeto criado por mim e mais outros cinco blogs: Equalize da Leitura, Livros & Fuxicos, Nuvem Literária, Resenhando Sonhos e Segredos Entre Amigas.

Para Agosto, escolhemos o tema Viagem para guiar o olhar sobre nosso último mês, e esperamos que, como da última vez, vocês gostem do resultado ♥

VIAGEM

Tem alguém que não goste de viajar? Viagem é sinônimo de novidade, de expectativa, de se sair de onde se está para descobrir novos lugares e experiências. Dizem, aliás, que só é possível compreender verdadeiramente o mundo ao se conhecer suas múltiplas faces, com seus tantos lugares e culturas. É estando em contato com aquilo diferente do nosso convívio – sejam paisagens ou pessoas – que adquirimos a noção real de diversidade e multiplicidade.

Infelizmente, pela minha experiência pessoal, conheci poucos lugares até então. Inclusive, ainda não tive a oportunidade de sair do país (exceto por algumas horas que estive no Paraguai, no final de 2014), de forma que meu repertório de viagens ainda é bastante simples. Na realidade, as maiores viagens que realizo são aquelas através das leituras – por mais clichê que isso possa soar.

Esse mês, conheci Paris…

… pelos olhos de Lucas, adolescente de 14 anos que visita a Cidade Luz com a tia e narra sua viagem no guia Partiu Paris, de Elisa Leonel. Paris é, sem dúvida, a minha viagem dos sonhos, o lugar que mais tenho vontade de conhecer, então é claro que essa leitura aguçou ainda mais minha vontade de correr o quanto antes para a França.

Eu também viajei no tempo…

… junto de Zoe, personagem de Clare Swatman em Meus Dias Com Você. Aproveitei e tive um vislumbre da Inglaterra, onde a história se passa, outro lugar que figura entre aqueles que mais desejo conhecer.

Ok, mas, até agora, estou roubando e não falei de nenhuma viagem, de fato, não é mesmo? Se procurarmos no Priberam a definição do termo, o primeiro resultado que encontramos é ato de transportar-se de um ponto a outro distante. Sendo assim, eu viajo praticamente todos os dias da semana, considerando que moro em Mogi das Cruzes e estudo em São Paulo (o que me garante um deslocamento de duas horas, em média, por percurso – um total de quatro horas por dia dentro de ônibus/trem/metrô).

Nesses momentos, aproveito, sobretudo, para ler…

… ainda que haja dias em que o cansaço fale mais alto e eu acabe dormindo durante a viagem. As vezes, simplesmente prefiro colocar meus fones de ouvido e me deixar levar pelas músicas. É quando faço outra viagem em meio à geográfica: viajo para dentro de mim e para os lugares que minha mente me leva, embalada pelas notas musicais.

Por mais que sim, seja cansativo realizar esse deslocamento diário, principalmente por ele me forçar a acordar de madrugada, confesso que adoro ter esses momentos só meus. São partes do dia que vivo comigo mesma, e acho essencial que cada um de nós tenha os seus próprios instantes voltados para si.

Ok, mas essa viagem por estudo perde o sentido de novidade e expectativa que mencionei no começo do post, não perde? O de expectativa, talvez. De novidade, vai depender de perspectiva. Nunca um dia é como o outro, e as novidades estão sempre ao nosso redor – basta estarmos atentos o suficiente para enxergá-las.

De qualquer maneira, há uma viagem específica que está para acontecer – amanhã, mais precisamente – e que com certeza não poderia faltar aqui. Dizem que o melhor a gente deixa para o fim, e é claro que eu fiz isso de propósito!

Amanhã embarco para o Rio de Janeiro, onde acontecerá a 18ª Bienal Internacional da cidade ♥ Ainda que seja minha quarta visita ao Rio e minha terceira vez no evento, cada ida é diferente da outra e mal posso esperar por tudo que me aguarda nesses 5 dias que ficarei por lá!

Arrumar a mala faz parte da diversão…

… porque é nessa hora que guardamos não apenas os itens que viajarão conosco, mas também as expectativas do que pode acontecer. Sou daquelas que coloca cada peça de roupa já pensando na situação em que vou usá-la e, nesse instante, as possibilidades de como cada momento se dará são infinitas.

 

E viagens podem permitir reencontros…

… como o que acontecerá amanhã. Sim, estou doida pela Bienal em si (como fico a cada ano, seja em São Paulo, seja no Rio) e por todas as pessoas que lá verei (inclusive, quem de vocês estará por lá? Quero encontrar todo mundo que puder!), mas um dos maiores motivos da minha expectativa é saber que vou rever minha gêmea, a Pah, do Livros & Fuxicos. Tenho duas pessoas que ocupam o lugar de BFFs na minha vida, aquelas que são as minhas pessoas (fãs de Grey’s Anatomy entenderão), e a Pah é uma delas.

Nossa amizade é extremamente importante na minha vida, mas o fato de morarmos em estados diferentes complica bastante nossos encontros. Felizmente, desde 2014 temos nos visto ao menos uma vez por ano, e a última vez que nos encontramos foi na Bienal de São Paulo, ano passado. Mas amanhã estaremos juntas mais uma vez, pelos próximos 5 dias, e pretendo aproveitar ao máximo cada um desses momentos!

O interessante é que Agosto parece ser o nosso mês. Apesar de eu ter ido para Maringá no final de 2014 para passar o ano novo com a família dela e ela ter vindo em 2015 passar o Natal com a minha, foi em Agosto de 2014 que nos vimos pela primeira vez; Agosto de 2015 me tornou madrinha dela e do Manu; Agosto de 2016 trouxe nosso último reencontro, até então. Ansiosa pelo reencontro que o último dia de Agosto de 2017 me trará!

 

E, é claro, não podem faltar livros na mala!

Pretendo levar comigo esses dois livros. São duas leituras que quero imensamente fazer e, como nenhum deles é muito grande, não farão muito peso na mala. Pretendo iniciar a leitura por O Assassinato de Roger Ackroyd já no aeroporto, aguardando o embarque. Confesse ficará na reserva, para o caso de eu terminar o primeiro nos cinco dias da viagem e ficar sem nada para ler na volta.

 

Espero que vocês tenham gostado do post, e não deixem de conferir as postagens das outras meninas 🙂

 

Beijos a todos!





Deixe o seu comentário

9 Respostas para "[Diversos] Inspirações do Mês | Viagem"

Fabiana Roberta - 30, agosto 2017 às (18:46)

Oi Aione quer melhor inspiração do que viajar,faz um tempinho que não saio da minha cidade mas minha mente com certeza viaja muito por lugares maravilhosos com os livros é claro,que delícia poder ir na bienal é um sonho que tenho e se Deus quiser um dia vou realizá -lo,estou aqui ansiosa para você nos contar tudo desta viagem maravilhosa,boa bienal.
Bjs

Responder

Barbara Sá - 30, agosto 2017 às (20:45)

Ai que amooor!!!
Definitivamente, além de conhecer o novo, a melhor parte de viajar é reencontrar pessoas incríveis.
Estou mais do quê ansiosa para nos vermos novamente. Tá chegando a hora!

Beijooos!!!

Responder

magomes8 - 30, agosto 2017 às (23:01)

Oi Aione, adorei o post, achei um amorzinho e bem legal conhecer um pouco de cada uma de vocês, que estão sempre influenciando minhas leituras! Embora eu seja muito caseira, sempre amei viajar e conhecer o mundo é um sonho! Vamos ver quando a primeira viagem internacional sai, acho que vai demorar :/
Achei uma graça que você falou da Pah no post, é incrível como a gente encontra pessoas de repente na nossa vida que viram essenciais, não é?!
Eu também sou como você, passo muito tempo em ônibus, faço faculdade fora também, mas moro na cidade, só que fim de semana sempre volto e tem a saga de pegar ônibus kkkkkk

Responder

Lili Aragão - 31, agosto 2017 às (08:32)

É bom viajar através da leitura e viajar mesmo, conhecendo outros lugares, e no percurso eu geralmente durmo haha… Os livros indicados no post parecem ótimos e quero sim lê-los. Sobre a Bienal te desejo um evento maravilhoso, que você se divirta e faça um post arrasador pra que eu me sinta lá 😉

Responder

Lana Silva - 31, agosto 2017 às (08:53)

Viagem ao meu ver e sempre sinônimo de algo positivo, mesmo que seja sempre pro mesmo lugar, mas e através dela que fugimos da rotina, encontramos novas pessoas, ou a reencontramos, e acredito que tudo isto sejo algo bom. Mas nada melhor que viajar através dos livros, este mês embarquei pros EUA, conheci vários amigos, e fiz novos amigos através deles, principalmente Simon, um personagem incrível. Te desejo uma ótima viagem para a Bienal, e que você aproveitar este momento.

Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro “Dois Mundos”, o primeiro da série “Tesouros da Tribo de Dana” da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

Responder

Márcia Saltão - 31, agosto 2017 às (10:08)

Oi!
Adorei o post. Esse é um tema maravilhoso! Viajar é muito bom e enriquecedor, tanto culturalmente, como para nossas mentes e corações. Não viajo muito, mas quando possível, sempre é uma grande experiência.
Nas leituras sim, faço muitas viagens, pois lugares inimagináveis. Uma delícia!
Desejo uma ótima Bienal para vocês. Depois conte tudo, como foi!
Beijos.

Responder

Karina Maria - 31, agosto 2017 às (18:00)

Eu adorei o post, o que disse sobre viagens me fez repensar um pouco sobre elas… porque sendo bem sincera, eu nunca gostei de viagens! Talvez porque as vezes que viajei era arrastada por minha família para lugares que não me interessavam e não tinham muito o que eu fazer… Quem sabe no futuro isso mude? Apesar de que, se tratando dos livros, já viajei para lugares incríveis.
Espero que aproveite muito a Bienal! Que volte dela cheia de boas lembranças e claro, livros maravilhosos!
Abraços

Responder

Nayane Evylle - 31, agosto 2017 às (21:01)

Acompanhei o post no da Pah e agora vejo aqui *-* adoro essas preparações para viagens. Eu fico que não me aguento de ansiosa pq quando falam em viagem, eu saio de mim ( seja qualquer tipo de viagem ). Aproveitem bem a Bienal e curtam o máximo. Eu também tenho my persons que há 10 anos, Deus as colocou na minha vida s2

Responder

Rapahela - 06, setembro 2017 às (17:34)

Aione, eu LIA MUITO dentro do ônibus quando estudava! Muito mais do que consigo ler hoje que apenas trabalho, sabe? Tinha uma coisa que me fazia agarrar um livro e me perder ali naquele mundo <3

E nos encontramos, foi lindo e maravilhoso! Adoro essas sensações de viagens, a ansiedade antecipada, a saudade posterior, tudo que aconteceu e que pode ser compartilhado.

Adorei o post! 🙂

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por