Arquivos John Boyne | Minha Vida Literária
06

mar
2015

[Resenha] A Casa Assombrada – John Boyne

CAPA-A-casa-assombrada

Título: A Casa Assombrada
Autor: John Boyne
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 296
Ano de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♦ Cultura ♦ Saraiva

Eliza Caine tem 21 anos e acaba de perder o pai. Totalmente sozinha e sem dinheiro suficiente para pagar o aluguel na cida-de, ela se depara com o anúncio de um tal H. Bennet. Ele busca uma governanta para se dedicar aos cuidados e à educação das crianças de Gaudlin Hall, uma propriedade no condado de Norfolk – sem, no entanto, mencionar quantas são, quantos anos têm ou dar quaisquer outras explicações. Assim, ela larga o emprego de professora numa escola para meninas e ruma para o interior. Chegando a Gaudlin Hall, Eliza se surpreende ao encontrar apenas Isabella, uma menina que parece inteligente demais para sua idade, e Eustace, seu adorável irmão de oito anos. Os pais das crianças não estão lá. Não se veem criados. Ela logo constata que não há nenhum outro adulto na propriedade, e a iden-tidade de H. Bennet permanece um mistério.A governanta recém-contratada busca in-formações com as pessoas do vilarejo, mas todos a evitam. Nesse meio tempo, fica in-trigada com janelas que se fecham sem explicação, cortinas que se movem sozinhas e ventos desproporcionais soprando pela propriedade. E então coisas realmente assustado-ras começam a acontecer…

Continue lendo »

02

ago
2014

Notícias da Semana

FRANCE-ENTERTAINMENT-PARK-PETIT-PRINCE-5O sucesso do livro O Pequeno Príncipe, publicado em 1943 e traduzido para 285 línguas, foi tão grande que se tornou fonte de inspiração para a construção de um parque, na região da Alsácia, França. O lugar foi escolhido por conta do autor, Antoine de Saint-Exupery, que era um conhecido piloto que tirou sua licença nos arredores da região.
Tudo no parque envolve o príncipe infantil mais famoso de todos os tempos. Desde os balões, para representar os planetas do rei e do acendedor de lampiões, até o carrossel e o tobogã em forma de serpente, além dos visitantes terem a possibilidade de ver os filhotes de raposas e o rebanho de ovelhas. O objetivo do parque é bem parecido com o do livro: transmitir a poesia, através das diversas emoções, e fazer com que as pessoas sintam o amor depositado nas pequenas coisas. Provavelmente, depois desse parque, muitos trocarão a famosa Disney pelo parque do principezinho.

Fonte: Veja SP
Continue lendo »

Últimas Resenhas

Calendário de posts

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por