Arquivos Marjane Satrapi | Minha Vida Literária
02

set
2016

[Resenha] Bordados – Marjane Satrapi

bordados-minha-vida-literaria

Título: Bordados
Autor: Marjane Satrapi
Editora: Quadrinhos na Cia
Número de Páginas: 136
Ano de Publicação: 2010
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Os almoços de família na casa da avó de Marjane Satrapi, em Teerã, terminavam sempre com o mesmo ritual – enquanto os homens iam fazer a sesta, as mulheres lavavam a louça. Logo depois começava uma sessão cujo acesso só era permitido a elas – o ‘bordado’. O ‘bordado’ iraniano seria equivalente ao brasileiríssimo ‘tricô’, não fosse uma acepção bastante particular – a expressão designa também a cirurgia de reconstituição do hímen, uma decisão pragmática para as mulheres que não abrem mão de ter vida sexual antes do casamento, mas sabem que precisam corresponder às expectativas das forças moralistas do país. O grupo que se reúne na casa da avó de Marjane é uma amostra de mulheres com moral e experiência bastante variadas, mas sempre às voltas com o machismo e a tradição. Casamentos malfadados, virgindades roubadas, adultérios, frustrações, golpes e autoenganos, mostram que no Irã amar e de-samar pode ser ainda mais complicado do que podemos supor.

Continue lendo »

28

ago
2015

[Resenha] Persépolis – Marjane Satrapi

persepolis-minha-vida-literaria

Título: Persépolis
Autor: Marjane Satrapi
Editora: Quadrinhos na Cia
Número de Páginas: 352
Ano de Publicação: 2007
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasCulturaSubmarinoTravessa

Marjane Satrapi tinha apenas dez anos quando se viu obri-gada a usar o véu islâmico, numa sala de aula só de meninas. Nascida numa família mo-derna e politizada, em 1979 ela assistiu ao início da revolução que lançou o Irã nas trevas do regime xiita – apenas mais um capítulo nos muitos séculos de opressão do povo persa.
Vinte e cinco anos depois, com os olhos da menina que foi e a consciência política à flor da pele da adulta em que se transformou, Marjane emocionou leitores de todo o mundo com essa autobiografia em quadrinhos, que só na França vendeu mais de 400 mil exem-plares. Em Persépolis, o pop encontra o épico, o oriente toca o ocidente, o humor se infiltra no drama – e o Irã parece muito mais próximo do que poderíamos suspeitar.

Continue lendo »

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por