Arquivos Pedro Gabriel | Minha Vida Literária
11

fev
2015

[Cobertura] Lançamento do Segundo – Eu me chamo Antônio na Livraria Cultura

Simpatia, simplicidade e amor. Foi assim a maneira com que o escritor Pedro Gabriel recebeu uma fila de fãs na Livraria Cultura, em Fortaleza, na última quinta-feira, 5. Lançando a sequência do seu livro Segundo – Eu me chamo Antônio, o autor está em turnê por várias livrarias do Brasil.

Pedro Gabriel e Alana Gabriela

Com o olhar cheio de poesia e sensibilidade, Pedro foi recebendo cada fã, batendo fotos, conversando e autografando livros, tanto o primeiro quanto o segundo. Entre os que estavam na fila, havia um público maior de adolescentes, assim como também havia mulheres, homens, casais, mães, crianças, avós…todos para prestigiar o alter ego de Antônio, que transformou situações banais de nossos relacionamentos e de nosso cotidiano em dois livros lindos e sinceros. Não é à toa que Pedro Gabriel já conquistou mais de 900 mil seguidores no facebook e 500 mil no instagram.

A sessão de autógrafos estava para começar às 17h, porém desde as 15h os fãs já faziam fila para colocar seus nomes na lista da Livraria Cultura, a qual anotou o nome de cada um que ia receber o autógrafo de Pedro, a fim de organizar da melhor forma possível o lançamento do livro. Às 17h20, com todo o primeiro andar da Cultura lotado de pessoas com o Eu me chamo Antônio na mão, o autor chega. De blusa preta, calça jeans e tênis vermelho; sorriso encantador, jeitinho tímido, olhar de poesia e um mar de sentimentos por dentro, pronto para ancorar no cais do coração de cada um que estava naquela fila, apenas à espera dele.

Livraria CulturaLivraria Cultura

Logo que o protagonista do dia chegou, começou a sessão de autógrafos. Pedro recebeu com abraços e beijos o carinho dos fãs e autografou seus livros, que muitas vezes eram sete de uma só vez. Ao todo, Pedro autografou 300 livros e recebeu um pouco mais de 200 pessoas. Ele também distribuía brindes promocionais, tais como broches com a capa do seu livro, ímãs e marcadores de página.

Eu me chamo Antônio

Eu, como última da fila, peguei apenas o marcador de página. Porém ganhei um momento singular com Pedro, ainda que uma conversa de cinco minutos ou menos. Pedro autografou em “nosso” livro: “Alana Gabriela, que a sua vida seja cheia de poesia. Antônio”. Sim, valeu a pena sair da Cultura às 21h, que foi quando a sessão de autógrafos acabou. Acredito que Pedro tenha deixado aos fãs da cidade de Fortaleza uma aura pura de seus sentimentos, a qual refletiu no final do nosso dia, no dia seguinte e a cada instante que lemos algumas frases de qualquer um de seus livros. Livros estes que são repletos de versos simples, mas profundos, pequenos, porém cobertos de fascinação.

Cobertura_Alana

Como não se encantar com as aliterações, rimas e versos de Pedro, que começou em 2012 escrevendo sua poesia em forma de rabiscos nos guardanapos de um barzinho que frequentava no Rio de Janeiro? A questão dos guardanapos foi porque, num belo dia, ele esqueceu seu caderninho de anotações em casa, então resolveu escrever em guardanapos suas ideias e as situações que presenciava, tudo em forma de poesia. E poesia rica em traços, sentimentos e inspiração.

8

Falando em inspiração, olha quem são os escritores preferidos de “Antônio”: Leminski (que brincava com as palavras, assim como Pedro), Manoel de Barros, Mario Quintana, Arnaldo Antunes e Millôr Fernandes. Ele falou que sempre gostou da poesia visual, porque sempre casou muito bem com versos curtinhos e com desenho. Com isso, o escritor, que nasceu na África e veio aos 12 anos para o Brasil, já encantou os fãs com dois livros cheios de criatividade.

Agora, Pedro aguarda a vida lhe ensinar novas histórias para que ele as transforme em poesia e mostre ao mundo como a solidão, a saudade, o (des)amor, a liberdade, o sabor, a esperança, a espera, as lembranças, o silêncio e outros sentimentos podem ser vistos em prosa poética, com direito a desenhos e rabiscos carregados de sensibilidade e também de irreverência.

A turnê de lançamento do Segundo livro do autor Pedro Gabriel já passou por Recife, Fortaleza, Belém e Manaus, e agora segue por mais duas cidades:

Curitiba
Data: 26/2
Horário: 19h
Local: Livraria Curitiba ParkShopping Barigui (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600 — Mossunguê)

Porto Alegre
Data: 27/2
Horário: 19h
Local: Fnac Barra Shopping Sul (Endereço: Av. Diário de Notícias, 300 — Cristal)

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil