[Resenha] À Primeira Vista - Nicholas Sparks | Minha Vida Literária
16

nov
2012

[Resenha] À Primeira Vista – Nicholas Sparks

Título: À Primeira Vista
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 256
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Jeremy Marsh tinha três certezas: jamais se mudaria de Nova York, não se apaixonaria novamente e nunca teria filhos. Mas agora ele está prestes a se casar com Lexie Darnell e aguarda a chegada da primeira filha, enquanto conduz a reforma de sua nova casa na pequena cidade de Boone Creek, na Carolina do Norte.Em meio a tantas mudanças, Jeremy luta para reencontrar o equilíbrio pessoal e profissional ao lado da mulher que o fez mudar todos os seus planos. Quando tudo parece estar entrando nos eixos, Jeremy recebe um misterioso e-mail que dá início a uma série de acontecimentos que irão testar a força dessa paixão.Atormentado pela ideia de estar sendo traído, vivendo uma crise criativa que o impede de trabalhar e angustiado com a gestação complicada de Lexie, ele não poderia imaginar que o pior – e o melhor – ainda estava por vir.“À Primeira Vista” captura toda a incerteza, a tensão e a angústia da vida desse jovem casal, mas também retrata o romantismo, o companheirismo, a descoberta e o amadurecimento que só o verdadeiro amor pode proporcionar.

À Primeira Vista, lançamento da Editora Arqueiro, é a continuação de O Milagre, publicado pela Editora Objetiva, cuja resenha pode ser lida aqui. Já aviso que será impossível não comparar os dois livros, visto a grande correlação entre eles durante minha leitura.
À Primeira Vista surgiu de um epílogo de O Milagre. Porém, por ter ficado muito extenso, acabou por se desenvolver em um segundo volume. Em minha opinião, os dois livros teriam ficado melhores se condensados em um, tanto pelo ritmo da história quanto pelo próprio conteúdo. Aquilo que eu esperava para O Milagre está em À Primeira Vistae vice-versa. Assim, se os livros fossem sintetizados em um mantendo o título do primeiro, acredito que ficaria mais fluido e mais apropriado. Ainda, devo dizer que não fiquei totalmente satisfeita com o final, mas, em partes, o compreendi por ele dar significado à premissa inicial. Principalmente por conta da última cena, acredito que seria muito mais apropriado o título de At First Sight ser True Believer, nomes originais de À Primeira Vista e O Milagre, respectivamente.
Embora seja uma continuação, a leitura de À Primeira Vista não depende de seu antecessor para ser compreendida. Porém, as duas histórias são tão entrelaçadas que sugiro sim que sejam lidas, se possível, seguidas uma pela outra. A intensidade do enredo, para ser atingida por completo, depende das duas leituras, uma vez que, assim, torna-se possível compreender melhor a história de cada personagem e a construída entre eles.
A sensação de dúvida que me acometeu ao finalizar a leitura de O Milagre com relação à veracidade do relacionamento rapidamente surgido entre as personagens foi extremamente abordada e desenvolvida aqui, trazendo uma dose de realidade para a obra e reflexões sobre as dificuldades da vida a dois, típicas de outros livros do autor.
Como também aconteceu em O Milagre, achei boa parte da narrativa de Sparks um pouco monótona nesse volume. Contudo, achei os conflitos aqui mais interessantes, por conta da dose de realidade anteriormente citada. Dessa maneira, consegui me envolver mais com as personagens e com seus temores. Ainda sobre a narrativa, ironicamente ela contribuiu, também, para um dos pontos positivos da leitura, a meu ver: por representar a visão de Jeremy, meus sentimentos com relação à Lexie se alteravam conforme os dele próprio também se modificavam. Nicholas, portanto, conseguiu me convencer da visão de seu protagonista e me manipulou conforme sua intenção.
Diferentemente do primeiro livro, À Primeira Vista retoma as características de outras obras do autor: a narrativa se desenvolve por conta de uma lembrança e paira sobre ela a expectativa de algum triste acontecimento. De certa forma, isso instiga o leitor a prosseguir a leitura, imaginando todas as possibilidades a se desenrolarem por entre as páginas. Devo dizer que imaginei os mais diversos desfechos e passei longe de todos. Isso não remete, todavia, à originalidade da obra, apenas a eu não ter cogitado seu final.
Em minha opinião, nenhum dos dois livros foram obras de destaque de Nicholas Sparks, considerando suas demais publicadas, mas gostei mais de À Primeira Vista do que de O Milagre. Apesar da narrativa ser mais lenta, a história narrada é bonita e tem seus momentos. Aos apreciadores do autor e de romances em geral, recomendo a leitura, mas não em caráter obrigatório. Faça-a de maneira despretensiosa e as chances de ela o agradar serão maiores.




Deixe o seu comentário

22 Respostas para "[Resenha] À Primeira Vista – Nicholas Sparks"

Marcelo Lima - 16, novembro 2012 às (20:31)

vc tá zuando que é a continuação ? o.o eu acho que vou sentir a mesma coisa que senti em o primeiro dia ein , dois livros que podiam ser um só… ai fiquei com o pé atrás agora , odeio coisa lenta rs

Responder

Natalia Dantas - 16, novembro 2012 às (20:46)

Olá, Aione!
Por incrível que pareça não sabia que este livro era continuação de O Milagre, fui pega de surpresa, confesso.
Parabéns pela resenha, li poucas obras do autor e confesso que me surpreendi com a narrativa de cada obra. Espero um dia poder ler este livro também!

Hugs literary
Natalia.
http://musicaselivros.blogspot.com.br/

Responder

Lygia Netto - 17, novembro 2012 às (03:52)

Nossa, foi aqui no seu blog que descobri a co-relação entre as duas obras, Aione, rs. E pela sua resenha, acho que se faz muito mais necessária a leitura de O milagre para dps ler À primeira vista do que como aconteceu entre O Diário de uma Paixão e O casamento. Acho que como “acostumamos” com a fórmula do Sparks, esses “novos” livros dele (pelo menos, os que estão sendo publicados no Brasil) não estão fazendo mais o efeito que nem antes! xD

Uma pena, mas eu vou ler mesmo assim, rsrs.

Beijos!

Responder

✿Nessa✿ - 17, novembro 2012 às (10:46)

Oi Mi*
Eu não sabia que este era continuação de O milagre, pensei que fosse continuação do livro O casamento, aqueles lá depois de O diário da paixão, sabe, por causa da capa parecida!!
Nunca tive vontade de ler O milagre, mas agora até fiquei curiosa!!

Bjinhs*
htt://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

Responder

Sofia - 17, novembro 2012 às (13:22)

Hey rosa!

Jura que é continuação? Estranho… Ultimamente tenho meio que ‘enjoado’ um pouco o Sparks, pois ele tem publicado obras Tão similares… Tudo bem que é o estilo dele, mas… se torna repetitivo. De qualquer forma, essa ‘sequência’ parece boa!

Beijão

Responder

Leandro de Lira - 17, novembro 2012 às (15:32)

Oi!
Eu já não gostei muito de “O Milagre”. Considero o livro mais fraco do autor. Ao ler sua resenha, percebi que esse livro também não é tão surpreendente, mas é apenas uma boa leitura. Lerei brevemente. Porém, não criarei expectativas. Acredito que não me decepcionarei pensando assim.
Parabéns pela resenha!
Abraço!

“Palavras ao Vento…”
http://www.leandro-de-lira.com

Responder

Babi Lorentz - 17, novembro 2012 às (16:23)

Acho que O Milagre foi o único livro do Sparks que ainda não me chamou a atenção e muito obrigada por ter me falado sobre à Primeira Vista ser continuação porque eu não fazia ideia disso e já tinha me interessado pelo segundo, rs.
De qualquer forma, vou deixar pra lá. Continuo com os outros livros do Nicholas Sparks mesmo.
Beijão

Responder

leitoracompulsiva - 17, novembro 2012 às (19:38)

Oi Aione,
Por coincidência acabei de ler uma resenha sobre “O Milagre”, mas provavelmente não vou ler nenhum desses livros! Minha relação com os livros do Nicholas Sparks não é das melhores, então vou deixar mais esse passar!
beijos
Camis – Leitora Compulsiva

Responder

Preto no Branco - 18, novembro 2012 às (18:13)

Oii Aionee!!
Quero muito ler À primeira vista. Li O milagre e gostei, mas confesso que também achei a escrita do Sparks bem monótona nesse livro e foi o lvro dele que menos gostei, ainda assim espero gostar de À primeira vista, e já fico um pouco triste por saber que é também monótono :/// E que por você teriam sido condensados em um único volume.
Gostei da resenha e quero ler o livro para conferir mais um trabalho do meu querido Sparks, rs.
Beijo!!

Responder

Eduarda Menezes - 18, novembro 2012 às (22:24)

Oi, Mi!
Como mencionei na resenha anterior, realmente não pretendo ler a continuação da história. Em relação ao Sparks ando em ressaca de modo geral rs Mesmo sem ter lido esse livro, concordo com a sua sugestão de que teria sido melhor condensar as duas em um livro só; alguns cortes aqui e ali poderiam deixar a leitura menos monótona e até mais agradável. Tenho certeza de que cortaria muito lenga lenga pelo caminho. rs
Beijão, querida!

Responder

Rafael Fernandes - 18, novembro 2012 às (23:31)

nossa. nao acredito que eh a continuacao de um livro de outra editora … vou tentar ler a primeira vista primeiro… to sem ideia pra ler ler o milagre pela grande negativação do livro. mas pelo jeito esse deve dar uma lavada no livro anterior. ou seja surpreende pela continuação e ja quero ler

Responder

Guilherme - 19, novembro 2012 às (03:33)

Nunca li nada no Nicholas e fiquei bem interessado nesse lançamento pena que é uma “continuação” de o milagre =(

Beijos.
Guilherme.
http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

Responder

Alexandre Koenig de Freitas - 20, novembro 2012 às (15:56)

Oi Mi,
Independentemente do gênero, o que mais me incomoda em livros é a falta de verossimilhança. E devo admitir que essas paixões instantâneas do Sparks me arrancam suspiros de incredulidade. Assim, é bom saber que neste livro o autor conseguiu explorar melhor essa questão, conferindo veracidade ao relacionamento.
Mas se o livro poderia ter sido condensado com “O Milagre”, creio que o autor deve ter enrolado demais. Acho que isso tbm explica a narrativa monótona.
Abraço,
Alê
alemdacontracapa.blogspot.com

Responder

Ceile - 20, novembro 2012 às (18:24)

Acho que faria sentido uma continuação – e não uma síntese -, caso O Milagre tivesse focado no mistério e no sobrenatural. Mas, no fim, ele acabou querendo focar nos dois (o romance e o mistério) e acabou que nenhum dos dois foi conclusivo.

Comecei a ler À Primeira Vista e também tive a sensação que não é obrigatório, mas seria legal, jsutamente pela familiaridade com as histórias – tanto de Jeremy quanto de Lexie. Eu li O Milagre tem muito tempo, mas mesmo assim consegui recordar bem da sua história e do envolvimento que tive com os personagens.

Beijos!

Responder

Amanda Faustino - 20, novembro 2012 às (21:30)

Bom saber que gostou mais desse do que O Milagre, porque li a resenha que você fez do livro e parece que não foi muito agradável e estava com medo que À Primeira Vista não fosse lá essas coisas. Mesmo sendo uma continuação, eu não vou ler O Milagre, esse livro parece ser muito chato e é o único do Sparks que não tenho vontade de ler.

Beijos,
Mandi – Book and Cupcake.

Responder

Catavento de ideias - 20, novembro 2012 às (22:22)

Oi Mi!

Eu terminei ontem A primeira vista e sai com uma impressão parecida com a sua, com exceção que acho ter gostado mais dele que você. Eu fiquei bem surpresa dele ser continuação pois só percebi isso durante a leitura. Também considero que esses dois não são obras de destaque do Nicholas, parece que faltam como se fosse um tempero a mais. Mas de certa forma ainda gostei bastante de A primeira vista. Tirando o final, não vou dar spoiler mas me refiro exatamente aquilo que o Nicholas resolveu fazer. Ele poderia ter prosseguido sem cair na mesmisse de sempre :/

Ok que eu sequer chorei mas já que O milagre teve um final feliz porque não prossegui-lo aqui também? ok todo mundo que leu o comentário já sacou o spoiler mas enfim)

Eu não sei se concordo que os dois deveriam ser condensados porque acho que teriam conflitos demais para um só livro.

Um beijo flor!

Brenda Lorrainy
cataventodeideias.com

Responder

Lili - 21, novembro 2012 às (02:14)

Hmm… pelo visto essa será uma leitura que eu deixaria para um Futuro far far away. Quando surgir a oportunidade, uma promoção, um dia de relaxamento. Eu tenho O milagre (acho), então pode ser que eu me empolgue. Só que com Sparks naquela minha lista do limbo neutro, e a sua opinião de uma escrita monótona…

ainda assim, não desanimei. sério!

liliescreve.blogspot.com

Responder

Vanessa Grandin - 21, novembro 2012 às (10:44)

Gosto dos livros do Nicholas mas não sinto empolgação pra ler O Milagre….parece que esse foi o que menos agradou ….em consequência disso acredito que vou demorar pra ler Á primeira vista….

Responder

Pah - 22, novembro 2012 às (18:13)

“pouco monótona”? Tô fora! rsrs Os livros do NS que não são narrados de forma rápida sempre tendem a me desanimar. Gosto do autor e do seu trabalho, mas ultimamente seus livros não estão me envolvendo. Quero ver como vai ser com Porto Seguro que resolvi ler nesse final de mês… De qualquer forma a história desses dois livros (nem sabia que eles são interligados de alguma forma) me parece cativante, só que não deixo de ter a impressão de que falta algo, sei lá, acho que é pira minha, rsrs

Beijos!

PS. Volto de noite pra ver seus vídeos <3

Responder

Anonymous - 29, novembro 2012 às (21:16)

Simplesmente não acredito que é continuação!Eu acabei de ler ‘À primeira Vista’hoje.Por acaso,li a sinopse de ‘O Milagre’ um pouco depois aqui na internet e fiquei de cara pq os livros pareciam o mesmo.Jeremy,Lexie..só vi algumas mudanças,NÃO ACREDITO! No livro Apv falam que o começo de tudo é um outro livro que só foi lançado em portugal. Cara,que droga. Odeio ler livros na ordem errada. Agora preciso comprar ‘O Milagre’ urgente :/

Responder

Verônica Cristina - 28, junho 2014 às (13:37)

NÃO GOSTEI MUITO DO LIVRO, EU AMO MUITO OS LIVROS DO NICHOLAS SPARKS ( QUERIDO JHON, UM PORTO SEGURO, A ESCOLHA) MAIS ESSE FOI DECEPCIONANTE. PRINCIPALMENTE O FINAL!!!!

Responder

Ana Maria - 28, junho 2014 às (19:43)

Gostei mais ou menos do livro!!! mais o final é surpriendente

Responder

Últimas Resenhas

Calendário de posts

novembro 2012
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por