[Resenha] Reconstruindo Amelia - Kimberly McCreight | Minha Vida Literária
24

jun
2014

[Resenha] Reconstruindo Amelia – Kimberly McCreight

Título: Reconstruindo Amelia
Autor: Kimberly McCreight
Editora: Arqueiro
Número de Páginas:  352
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé
Leia um trecho: Editora Arqueiro

Kate Baron, uma bem-sucedida advo­gada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição?
Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas.
Amelia está morta.
Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia.
Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora?
Suas convicções sobre a tragédia e a pró­pria filha estão prestes a mudar quan­do, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular: “Amelia não pulou”.
Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Fa­cebook da filha, “Reconstruindo Amelia” é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página.

Até onde um pai conhece seu próprio filho? O quanto de sua vida um filho se sente confortável em compartilhar com seus pais? Baseada nessa premissa, Kimberly McCreight compôs o enredo de Reconstruindo Amelia. Kate, após o falecimento da filha Amelia, tenta compreender os eventos que envolveram sua morte, já que não acredita na confirmação de suicídio da polícia na primeira investigação feita após o óbito, principalmente após receber uma mensagem anônima dizendo que Amelia não pulou do telhado de sua escola.
A narrativa se alterna entre a visão de Amelia em primeira pessoa – antes de sua morte – com a de Kate – durante a investigação – em terceira pessoa. Há, também, trechos de emails e de conversas via SMS da adolescente com seus amigos, e atualizações de seu status no Facebook, além de alguns posts do blog anônimo de fofocas da escola, o GrAcIoSaMENTE.

 

“Tive a sensação de sair do meu corpo e ficar de pé ao meu lado, balançando a cabeça. Como eu tinha me tornado essa pessoa? A pessoa no centro de um furacão imbecil de fofocas? Antes fora outra pessoa, alguém (…) que jamais se deixaria humilhar.”

página 293

 

O interessante de haver a visão de Kate e Amelia é que isso possibilita ao leitor entender o que de fato aconteceu ao invés de simplesmente especular, de acordo com a investigação feita pela parceria entre Kate e a polícia. Também, torna-se mais fácil compreender as personagens, uma vez que são revelados seus pensamentos e emoções. Há uma determinada cena narrada no início do livro pela visão de Kate; quase ao final, ela é repetida, mas pela ótica de Amelia, o que mudou completamente meu julgamento sobre a situação em si.
Além do suspense claramente predominante da obra, Reconstruindo Amelia é também composto por uma boa dose de drama no que se refere às relações desenvolvidas entre as personagens, tanto as familiares quanto as amizades de um modo geral. Amelia vive um processo de auto-descoberta pessoal, ao mesmo tempo em que seu relacionamento com sua mãe começa a se modificar por ela não mais conseguir compartilhar com Kate todos os fatos de sua vida, algo que se dá tanto pela ausência da mãe, muito ligada em sua carreira profissional, quanto por ela mesma não conseguir compreender muito bem tudo o que está acontecendo a sua volta. Igualmente, Kimberly McCreight soube se aprofundar nas emoções de Kate, sempre dividida entre os papeis de mãe e advogada. Ao invés de julgar e/ou antipatizar com as personagens, consegui entendê-las, enxergando-as como personalidades complexas ao invés de maniqueístas – boas ou más.
Todo o mistério foi muito bem arquitetado e desenvolvido, dando origem a uma complexa trama que, em diversos momentos, atiça a curiosidade do leitor sobre o que de fato aconteceu à ponderada e exemplar jovem de 15 anos, que passou a agir de maneira atípica nas semanas que antecederam sua morte. Muito é sugerido e parte dos acontecimentos inclusive pode ser descoberto antes da revelação final, mas é apenas nos últimos capítulos que, de fato, se dá a verdade.

 

“Em vez disso, apertou os lábios com tanta força que seus olhos lacrimejaram enquanto ela recebia os remédios controlados. Os mesmos que a terapeuta garantira que a ajudariam com a náusea e a insônia. Na verdade, não haviam mudado nada. Apenas fizeram com que ela se sentisse embaixo d’água. kate continuava a tomá-los na esperança de, alguma hora, acabar se afogando.”

página 43

 

Minha única ressalva diz respeito a uma situação envolvendo duas personagens importantes na trama e que estudam no colégio de Amelia: Zadie e Dylan. Achei que o encerramento dado pela autora foi um tanto quanto vago, algo que poderia ter sido mais explorado a fim de não criar novos questionamentos, como acabou acontecendo em meu caso. De qualquer maneira, esse ponto não é central na compreensão do mistério da morte de Amelia em si, e também foi o único a me deixar com a sensação de ter ficado aberto na trama.
De um modo geral, Reconstruindo Amelia cumpre seu papel de ser um thriller mesclado ao drama, proporcionando tanto uma boa e envolvente leitura quanto mostrando ser um interessante e complexo enredo.




Deixe o seu comentário

51 Respostas para "[Resenha] Reconstruindo Amelia – Kimberly McCreight"

Marcelle Dantas - 24, junho 2014 às (09:16)

Estou simplesmente louca de vontade de ler esse livro!!! rs Tem tudo o que eu adoro, mistério, suspense, drama adolescente… deve ser um otimo livro, ler a sua resenha me deixou ainda mais animada!!

Beijos!!

Responder

Manu Hitz - 24, junho 2014 às (09:52)

Mais uma resenha para me deixar curiosissima com a trama, um livro que desejei e ainda espero receber. Adoro um bom drama e aqui encontro tb boas doses de suspense, mistério, algo que dispare meu faro investigativo.Adoro sacar as pistas e andar na direçao certa, para isso conto com minha intuição. Gosto quando o autor nao revela logo, mas joga iscas, que recolho pra montar o quebra-cabeça.
Amei!

Responder

Edilza - 24, junho 2014 às (11:12)

Reconstruindo Amelia retrata bem o que acontece nos dias de hoje, pais se descuidam dos seus filhos enquanto estes estão mexendo não sei o quê na internet ou se envolvendo com pessoas erradas.
Tenho certeza de que vou gostar muito do livro.
Amei a resenha!

Responder

ELIZABETH MACHADO SALLES - 24, junho 2014 às (11:41)

Adoro uma trama cheia de mistério. Isso me deixa muito curiosa e ansiosa pra saber como vai terminar. Que bom que a história é assim envolvente e os personagens parecem ser bem intensos. Vou aceitar a sugestão e vou ler. mesmo o livro tendo um pequeno lapso, ainda vale a pena ler. Beijos.

Responder

Fabi Liberati - 24, junho 2014 às (14:32)

Oie Mi, adorei a resenha e achei bem interessante a história do livro. Adoro suspense e fiquei bem curiosa pra saber no que vai dar kkkk
Não vou ler ele agora mas assim que der uma folguinha vou atras hahha, beijinhos

Responder

Adriana Correa - 24, junho 2014 às (15:14)

Eu to louca pra ler esse livro, li a sinopse e adorei. Só fiquei meio em dúvida pois você disse que o final de alguns personagens é um pouco vago, eu já tive essa experiencia com outro livro e me deixo frustrada. Mas mesmo assim eu ainda to super animada pra ler!

Responder

Mari - 24, junho 2014 às (23:41)

Oi Mi,
Quando vi o livro pela primeira vez imaginava algumas coisas diferentes, mas pelo que vi é um bom livro, com esse mistério bem arquitetado.
Gostei da resenha e fiquei interessada pela leitura, gosto muito de um bom thriller.
Parabéns pela resenha.
Beijos

Mari – Stories And Advice – Li até página 100

Responder

Mari - 24, junho 2014 às (23:42)

Oi Mi,
Quando vi o livro pela primeira vez imaginava algumas coisas diferentes, mas pelo que vi é um bom livro, com esse mistério bem arquitetado.
Gostei da resenha e fiquei interessada pela leitura, gosto muito de um bom thriller.
Parabéns pela resenha.
Beijos.

Mari – Stories And Advice – Li até página 100

Responder

Cintia - 25, junho 2014 às (00:15)

Oi Aione…

Quero muito ler esse livro. Só tenho lido resenhas positivas, quem não gosta de um suspense né? Só não é o meu momento agora. Tô numa vibe mais romance, depois de ler três thrillers tô dando um tempinho. Adorei sua resenha.
Beijos

Responder

Fernanda Costa - 25, junho 2014 às (00:31)

Uou… Curiosidade bateu! Eu estou numa ressaca literária depois de ler Como eu era antes de vc, e passei aqui hoje em busca de uma resenha de um novo livro para ler, esse livro me despertou muito a curiosidade, faz tempo que não leio um thriller, com essa pitadinha de suspense rodeando um “possível” suicídio. Fiquei pensando no que afinal aconteceu com Amelia, como era a proximidade entre ela e a mãe. Realmente parece ser um bom livro. Mas fiquei com medo da sua opinião sobre o final do livro, tenho pavor de me amarrar numa trama e chegar ao final ser vago ou ter muitas pontas soltas. Será que vale a pena?

Responder

Aione Simões 25 jun 2014

Oi Fernanda!
A leitura vale a pena sim 🙂
Meu comentário sobre o final vago diz respeito somente a um detalhe que não é central ao fechamento da trama, então o mistério em si e os fatos que o construíram são bem elucidados!
Beijão!

Responder

Fernanda Costa 25 jun 2014

Ahhh Que fofa vc Aione, muito obrigada por me responder. Vou procurar este livro aqui na minha cidade, minha próxima ida a livraria será só na semana que vem, mas já vou deixar anotado pra lembrar de procurar. =) Obrigada, bjs!

Responder

Julia G - 25, junho 2014 às (11:28)

i Mi, eu fiquei super curiosa com esse livro, a história parece interessante e intrigante. A impressão que tenho é que não foi tão bom quanto parecia. Mesmo assim tenho curiosidade de ler, acho legal quando reconstruimos uma história a partir de pontos de vista diferentes.

Beijos

Responder

FABRINE - 25, junho 2014 às (15:57)

Ainda não tinha lido nada sobre o livro. Mas apenas com a sua resenha já me deixou com vontade de lê-lo. Adoro suspense e fiquei morrendo de curiosidade de ler os e-mails e SMS da Amélia, para enfim descobrir a verdadeira história de sua morte.

Responder

Mariana FS - 26, junho 2014 às (16:46)

Oi Mi!
Vi o livro ser comparado ao “Garota Exemplar” que eu adorei, caso contrário não teria me chamado a atenção. Confesso que ainda estava com medo de que não fosse aquilo tudo, por isso estava esperando ler algumas resenhas antes de decidir ler ou não. Gostei dos aspectos que você ressaltou. Gosto de tramas complexas, mas que sejam como essa parece ser: reais.
Beijos.
alemdacontracapa.blogspot.com

Responder

Reniére Pimentel - 27, junho 2014 às (10:41)

Amo thrillers e só tenho lido resenhas positivas sobre este. Muito ansiosa pra fazer a leitura!

Responder

Rena Késsia - 28, junho 2014 às (21:11)

Olá!
Tenho muita vontade de ler esse livro. Está na minha lista de desejados desde que soube do seu lançamento. Estava doida pra ler uma resenha sobre ele e agora que eu li fiquei desejando ainda mais!! Esse livro parece ser ótimo, amo mistério e “Reconstruindo Amelia” proporciona isso. E ainda no livro aborda tantos assuntos importantes que é esquecido muitas vezes pelas pessoas.

Beijos!

Responder

Rafaela Brixner - 30, junho 2014 às (13:38)

Oi Mi!
Depois dessa resenha, Reconstruindo Amelia entrou sem dúvidas pra minha lista de desejados. Adoro thrillers, e essa proposta do livro em trazer a ”complicada” relação entre muitos pais e filhos a tona me deixou muito curiosa. Se os filhos tivessem mais confiança nos pais, ou muitas vezes os pais estivessem mais presentes na vida de seus filhos, a realidade em muitos casos poderia ser diferente, como no caso de Amelia.
Beijos ;*

Rafaela, Eterna Leitora
http://www.eterna-leitora.blogspot.com.br

Responder

Aninha - 01, julho 2014 às (22:42)

UAL!!!!! SÓ PELA RESENHA JA EMPOLGUEI….. E FIQUEI MUITO CURIOSA!!!! NO COMEÇO ACHEI QUE O LIVRO NAO ERA TAO ASSSIM( EMPOLGANTE) MAIS DEPOIS DE DESCUBRIR QUE AMELIA FOI MORTA!!!! UALLL…
ESTOU DOIDA PRA LER O LIVRO (POR QUE A RESENHA ME DEIXOU CURIOSA)

Responder

Veronyca - 02, julho 2014 às (12:17)

MAIS UM PRA MINHA LISTA!!! SÓ PELA RESENHA JA ESTOU APAIXONADA PELO LIVRO, CURIOSA (MUITOOOO0).
O LIVRO PARECE OTIMO, DO INICIO AO FIM…..
QUERO LOGO DISCUBRIR SE AMELIA FOI OU NAO EMPURRADA, SE ELA SE SUICIDOU OU NAO…
NOSSA!!!! AMEIII!!!

Responder

Eunice Ely - 02, julho 2014 às (12:18)

Quanto mistério! Quero muito ler esse livro e saber o que aconteceu com Amelia.
Deve ser suspense do começo ao fim.

Bjs

Responder

Beatriz Nogueira - 02, julho 2014 às (12:35)

Oi, Aione!!

Conheci seu blog há pouco tempo e preciso dizer que é uma graça! Parabéns!!
Desde que fiz post com os últimos lançamentos estou doida para ler Reconstruindo Amelia 😀
Espero gostar da leitura… e parabéns pela resenha, gostei bastante!

Beijos com carinho,
Bia

http://euliteraria.com.br/

Responder

Tati Yegorovna - 02, julho 2014 às (17:15)

Sabe aquela coisa de que você ta sem vontade de ler nenhum livro? poucas resenhas te fazem ter vontade de ler ? Esse não é o meu gênero predileto de leitura , mais essa historia é emocionante , você fica com uma vontade de correr na mesma hora na primeira livraria e comprar , preciso saber esse final , urgentemente!
Adorei a resenha , parabéns ,
Beijos!

Responder

Drielly S. - 02, julho 2014 às (19:15)

Ainda não tinha ouvido falar desse livro nem dessa autora. Só de ler a sinopse já fiquei totalmente empolgada, quando fala que Amelia está morta, meu coração já estava acelerado. Por isso amo, esse tipo de livro. Mas se Amelia não pulou, o que aconteceu? Estou super curiosa pra saber o fim da história. E o que aconteceu nesse meio tempo. A resenha positiva só me empolgou ainda mais. Espero lê-lo logo. Já está na minha lista no skoob.

Responder

Mylena Mattos - 03, julho 2014 às (10:19)

Ual! A curiosidade bateu e ficou aqui! Ultimamente tenho lido muitos mistérios, e esse parece que é aquele que não te deixa dormir a noite porque você não consegue parar de ler. Achei muito interessante porque parece relatar o que vivemos nos dias de hoje: Pais que na verdade não conhecem as angústias e dramas dos seus filhos! Parabéns por essa instigante resenha rs

Responder

Miriam Cristina Rodrigues Romero Guiraldelli - 03, julho 2014 às (12:05)

As sinopses e as resenhas que já li sobre esse livro já mexeram muito comigo, tenho uma filha de 12 anos, exemplar, linda. Tenho medo de sofrer com a leitura desse livro, de ficar com caraminholas na cabeça, já estou torcendo para não ser um suicídio, mas triste porque a menina morreu mesmo assim. É um livro que, mais cedo ou mais tarde, terei que ler. Preciso tirar essa carga do meu ombro.
Nome de seguidora: Miriam Guiraldelli

Responder

Sofia S. - 03, julho 2014 às (17:33)

Nossa, nunca tinha visto esse livro, e agora estou louquinha para lê-lo! Lendo a sinopse no início da postagem até me surpreendi ao ver que a menina morre, que loucura! Adoro um “misteriozinho” nos livros, espero poder ter logo essa história em minhas mãos. Ótima resenha! Beijos :*

Responder

Dayrelly Barroso - 03, julho 2014 às (18:40)

Quando vi esse livro no facebook pela primeira vez eu ja achei ele interessante, um por causa do gênero, um suspense e ainda tem envolvimento policial, drama e adolescentes… amo livro com essas abordagens, e gostei muito de sua resenha, ela me deixou intrigada, principalmente por que a forma que você falou deixo um ar a se pensar. Quero entender por que Amelia fez o que fez e entender a reação da Kate com toda essa situação. só falta eu comprar agora…

Responder

Milena Soares - 05, julho 2014 às (10:50)

Suspense e drama, o livro parece ser ótimo, fiquei bastante interessada em ler, já foi pra minha lista de leitura!

Responder

Juu-Chan ;3 - 06, julho 2014 às (10:05)

OOOOOOOOOOOOOI, Aioneeee lindoooooona! Tuuuuuuud bom? Esperoooo que sim, hahaha *0* ♥ Cara, eu tô dooooooida por esse livro, acredita? Poooois é! Acho a história tão interessante! Que demaaaaais, meu Deuuuuuus! Tem o ponto de vista das duas personagens? Simplesmente adooooro isso, preciso deste livro! Concordo, um bom “suspense policial” a a respeito de algum crime, é ver os dois lados da história: da pessoa que morrera e de seus amigos e parentes. Interessante essa parte que você citou sobre o relacionamento das duas(Kate e Amelia)! O relacionamento conturbado delas talvez tenha alguma influência no SUPOSTO suicídio, né? E eu acho que deveria ser mesmo no final que descobririam a verdade, não é? Hahaha, senão, que graça iria ter? Que demaaaaaaais a sua resenha, Aioneeeeee *0* Adooooorei, preciso deste livro! <3

Um grande e enoooorme beijo,

Juu-Chan || Nescau com Nutella

Responder

Thallya Kelly - 07, julho 2014 às (14:18)

Simples eu adorei a resenha, e tipo um drama adolescente do que eu estou precisando agora rs… muito bom parece e tenho certeza que e uma boa leitura… ansiosa pra ler… beijinhos doces Aione s2

Responder

Paula Araújo - 07, julho 2014 às (20:18)

Nunca li um livro neste estilo, mas acho super bacana filmes assim. Esta coisa de suspense, investigação da mãe da Amélia me deixa bem curiosa e intrigada com a história. Espero conseguir comprar/ler o livro em breve. Adorei a resenha!

http://posrealidade.blogspot.com.br

Responder

Karoline Souza - 08, julho 2014 às (01:10)

Nossa, fiquei super animada para ler esse livro, parece realmente bom!!
Adorei sua resenha, beijinhos :*

Responder

Érika Rufo - 08, julho 2014 às (15:13)

Sua resenha me deixou com ainda mais vontade de ler o livro e descobrir os mistérios de Amélia! Estou doida pra ler esse livro, me apaixonei só de ver a capa, mas a história parece ser incrível, uma mistura de tudo que eu gosto: suspense, drama, romance, mistério.
Com certeza vou ler!

Beijos!!

Responder

Juliane Barbosa - 08, julho 2014 às (15:29)

Confesso que o titulo, não despertou a minha curiosidade, mas depois de ler a resenha, fiquei extremamente ansiosa para ler esse livro, gosto de historias que envolvam mistérios, como nesse caso , o que realmente aconteceu com Amélia?, gosto bastante de livros que nos envolvem dessa maneira
Otima resenha, me deixou super curiosa, bjs

Responder

ELIZABETH MACHADO SALLES - 08, julho 2014 às (16:31)

Estou bastante curiosa a respeito deste livro. Não esperava que fosse gostar tanto assim. Mesmo que a autora tenha pecado em alguns detalhes, acho que vale a pena. Vou tentar ler e conferir tudo que você falou. Beijos.

Responder

Michelle Correa - 08, julho 2014 às (19:13)

Oi fiquei pensando sobre a história do livro,é um assunto que realmente está em alta,pelo que entendi envolve o suicídio,bulling e como a falta de atenção dos pais pode ser determinante na vida de algumas pessoas.Foi isso que entendi pela resenha pelo menos.Mas tbm entendi que a menina não cometeu o suicídio,fiquei curiosa em saber esse final.As vezes não entendemos os sinais que as pessoas nos dão quando precisamos de ajuda.
Acho que deveria ser mais abordado esse tipo de assunto nas escolas,com livros assim,bem talvez algum dia isso aconteça.

Responder

Nikaelly Bernardes - 09, julho 2014 às (14:46)

Olá Aione (ou Mione haha)!
Só de ler a resenha me senti um pouco agoniada com toda essa situação que a Kate vive. Realmente, parece ser uma trama bem interessante, ainda mais por essa questão de tentar descobrir sobre a vida de uma pessoa que você achava que conhecia. Ótima resenha!

Responder

Bianca Feroldi - 09, julho 2014 às (16:19)

Depois que li sua resenha fiquei interessada a ler esse livro! Com certeza esta na minha lista de livro para ler nesse mês!
Beijoos, Parabéns por esse blog lindo amooo

Responder

Jéssica - 10, julho 2014 às (10:56)

Oii, eu gostei da sua resenha e estou quero ler o livro.
A parte do mistério que envolve o ‘suicídio’ me deixou curiosa para saber o porque. E o entendi é que conforme Kate vai se aprofundando para saber o porque sua filha cometeu o ‘suicídio’, ela acaba descobrindo certas coisas sobre a Amelia, o que dá por entender que ela no final não conhece.
E porque será que ela cometeria suicidio? Ou será que ela não fez isso?

Nossa, tô muito curiosa! Quero ler!! rsrs
Mas eu fiquei um pouco com receio de ler, porque você falou que o final foi meio vago, e eu não gosto de finais assim. mas vou tentar ler.

Adorei a resenha!
Beijo

Responder

Aione Simões 10 jul 2014

Oi Jéssica!
Apenas para esclarecer: não é que o final seja vago, há apenas um detalhe dele que achei um pouco vago. A solução, como um todo, é bem elucidada, apenas essa pequena parte que não, mas ela em nada interfere na compreensão do todo!
Beijos!

Responder

Aline Ramos Costa - 12, julho 2014 às (01:52)

Sem sombra de dúvida esse é um livro completo. Pela sua resenha (que está incrível) percebo que o autor soube construir a história, nos fazendo vivencia-la junto com Kate. Eu realmente preciso ter e ler esse livro…Sei que vou amar. Além disso, o tema proposto é excelente e a capa ficou maravilhosa.
bjs

Responder

Ana Lídia - 12, julho 2014 às (03:40)

Nossa, que história!! Fiquei com muita vontade de ler, principalmente por causa do suspense que parece ter. Parece ser daqueles livros que te prendem até o fim e q eu adooooro *-*

Responder

Virginia Doratiotto - 14, julho 2014 às (15:31)

Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler o livro.
Já tem algum tempo que estou querendo algum livro que envolta mistério, suspense e drama… acredito que esse será o escolhido =)

Responder

Ana Helena Zana - 16, julho 2014 às (22:29)

Preciso leeer

Responder

Lindsay Leão - 18, julho 2014 às (19:48)

Oi Mi,

Ainda não li esse livro, mas achei a temática bastante interessante! Fiquei louca para conhecer os reais motivos do suicídio de Amélia (Se é mesmo que ela se matou, né?). Enfim, independente do rumo que os acontecimentos irão tomar, eu já amei essa história! Quero muito desvendar esse mistério sobre a morte dela. Estou meio viciada em livro com fundo investigativo e esse em especial parece ser maravilhoso!
Beijos

Responder

Francielle Alves - 22, julho 2014 às (17:13)

Adorei a resenha! Parece um livro realmente interessante, com suspense e drama… Já estou louca para lê-lo.

Responder

Andreana - 24, julho 2014 às (16:59)

Adoro um drama, e este não foge das minhas expectativas, a estória me chama a atenção, mostra realmente que os pais nem sempre sabem o que se passa na cabeça de seus filhos, por mais unidos que forem! achei interessante a proposta da autora.
Achei muito legal também a ideia da divisão da narrativa, podendo assim, mostrar-nos os pensamentos de Amelia antes de seu “suicídio”.
Espero lê-lo em breve, Beijos

Responder

Gabriela Cerutti Zimmermann - 27, julho 2014 às (11:22)

Tenho curiosidade por esse livro desde que o vi no Skoob, e saber que a trama é tão intricada me deixa ainda mais ansiosa. O fato de misturar narrativa com trechos de SMS e afins é algo que gosto por dar uma abrangência maior à trama. E ainda traz um tema bastante reflexivo, quanto os pais realmente conhecem seus filhos. Ótima resenha.

Abraço!

Responder

Regilene Dias - 30, julho 2014 às (14:27)

Achei bem interessante a história e o titulo traduz bem o que parece ser o objetivo proposto na história.

Responder

Gabriela Gomes - 31, julho 2014 às (20:06)

Vou ter que comprar o livro!!!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil