[Resenha] Ugly Love | O Lado Feio Do Amor - Colleen Hoover | Minha Vida Literária
06

out
2015

[Resenha] Ugly Love || O Lado Feio Do Amor – Colleen Hoover

o-lado-feio-do-amor-ugly-love-minha-vida-literaria

Título: O Lado Feio Do Amor
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 334
Data de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanas ♦ CulturaExtraSaraivaSubmarino ♦ Travessa

Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo… apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.


Todos me alertaram sobre a leitura de O lado feio do amor. Todos me disseram para estar preparada para as emoções. E, é claro, nenhum dos aviso de fato me adiantou de alguma coisa, porque o mais recente lançamento de Colleen Hoover no Brasil praticamente me afundou junto de suas emoções.

o-lado-feio-do-amor-ugly-love-3-minha-vida-literaria

Aqui, há duas histórias sendo contadas, ambas em primeira pessoa. A primeira se passa nos dias atuais, após Tate se mudar para o apartamento de seu irmão, Corbin, e conhecer seu vizinho e amigo, Miles. Através da narrativa da garota, podemos acompanhar o desenvolvimento do estranho relacionamento entra ela e Miles, bem como sermos apresentados ao misterioso e fechado rapaz. A segunda história, por sua vez, é contada pela voz de Miles, seis anos antes a sua vida atual, e é essa a parte responsável por nos fazer compreender suas atitudes e a pessoa na qual ele acabou por se transformar. Aliás, vale ressaltar a forma extremamente poética assumida por essa narrativa: a autora preferiu estruturar sua escrita em versos, revelando a força das emoções de Miles.

Miles impõe a Tate apenas duas regras: não perguntar sobre o passado ou esperar dele algum futuro. Um relacionamento sexual baseado inteiramente no momento presente é tudo o que ele pode oferecer a ela, e ela aceita, mesmo ciente dos riscos a que esta exposta. Levando-se em conta que tenho certa ressalva ao acompanhar narrativas eróticas por elas geralmente não serem interessantes para mim como leitora, poderia soar estranho que eu tenha gostado de O lado feio do amor. Contudo, a intensa escrita de Colleen Hoover, além de completamente envolvente, é extremamente hábil ao construir a história. Embora essa tenha um forte conteúdo sexual, nenhuma das cenas é puramente sexual ou presente apenas por um apelo erótico; pelo contrário, são muito mais descritas através das sensações e emoções das personagens – fundamentais para o desenvolvimento do enredo -, do que de uma maneira exageradamente visual, sem finalidade extra na narrativa.

 

“Ele me segura com mais força… e me mata.
Ou me beija. Não sei qual dos dois, pois tenho certeza de que a sensação seria a mesma. Sentir os lábios dele nos meus é sentir tudo. É viver e morrer e renascer, tudo ao mesmo tempo.”

página 79

 

Dessa maneira, não demorei a me envolver com Tate e Miles, e pela força da tensão entre eles. Tate, ainda que ciente da situação na qual se comprometeu, tem extrema dificuldade em lidar com ela, e fui capaz de compreender sua emoções. Já Miles conseguiu me cativar por, em uma situação bastante clichê em um romance, se destacar e fugir do estereótipo que poderia se esperar que ele assumisse. Ao contrário do Bad Boy que não quer compromissos, faz o estilo “bom moço” apaixonante, ainda que completamente sincero e aberto sobre suas intenções.

o-lado-feio-do-amor-ugly-love-2-minha-vida-literaria

Por um lado, desde o início tive certeza sobre o que estaria por trás da reticência de Miles, então, quando seu passado é enfim revelado, senti certa decepção. Por pior que fosse a situação descrita, nesse momento não fui capaz de me emocionar, simplesmente porque eu já esperava por aquilo. Assim, nesse instante, senti que O lado feio do amor perderia alguns pontos comigo, sem conseguir me afetar como, aparentemente, afetou a maioria esmagadora de seus leitores arrebatados por ele. Acreditei que a história seguiria a fórmula já imaginada por mim, e sua suposta previsibilidade conteve qualquer emoção que eu poderia ter esboçado.

 

“Só queria respirar, e ele não está deixando. Está invadindo. Não acho que seja sua intenção. Está apenas invadindo meus pensamentos e minha barriga e meus pulmões e meu mundo.” 

página 101

 

De certa forma, a história em si não revelou muitas novas surpresas, exceto talvez por alguns pequenos detalhes. Contudo, seu diferencial para mim esteve exatamente na maneira de como foi narrada, sobretudo pela escolha de narrativas da autora nos últimos capítulos. A partir de certo ponto, não temos mais Miles narrando seu passado, mas sim seu presente, o que permitiu uma maior compreensão de suas emoções e pensamentos. Porém, o triunfo de Colleen Hoover para mim esteve no único capítulo narrado por uma terceira personagem que não os protagonistas. Foi nesse instante que finalmente fui arrebatada, porque foi aqui que pude sentir toda a dimensão dos fatos, que pude realmente compreender Miles, porque aqui temos não a visão de Tate sobre ele ou sua própria voz, mas uma terceira sobre ele. Uma terceira e enorme carga emocional para o enredo. A partir daí, as lágrimas acompanharam minha leitura até o último ponto final – foi impossível conter a emoção. De certa forma, atribuí também meus sentimentos ao próprio processo pelo qual Miles passa. Enquanto suas barreiras estão fortemente construídas ao seu redor, fui protegida de suas emoções. Foi sua vulnerabilidade quem atingiu a minha.

De um modo geral, Ugly Love é mais um romance arrebatador de Colleen Hoover, tão intenso e envolvente quanto seus livros costumam ser. Embora composto por diversos clichês, ainda assim todos eles foram combinados de uma forma original, compondo uma história inesquecível. Por fim, não foi o lado feio do amor quem me arrebatou aqui. Não, foi justamente o seu oposto: seu lado mais belo, sensível e emocionante.

o-lado-feio-do-amor-ugly-love-1-minha-vida-literaria





Deixe o seu comentário

16 Respostas para "[Resenha] Ugly Love || O Lado Feio Do Amor – Colleen Hoover"

Cailes Sales - 06, outubro 2015 às (10:06)

Olá Aione! Já li muitos comentários acerca do livro, mas sua resenha é a primeira que leio e fiquei com uma impressão realmente positiva do novo lançamento, tão falado da Collen, embora sua escrita ainda seja desconhecida por mim (não por muito tempo, pois em breve lerei Um caso Perdido), penso que ela escreve histórias intensas, que fazem os leitores se apaixonarem por seus livros, pois são tantas pessoas que elogiam suas obras que é impossível não criar expectativa e vontade de ler seus livros. *-*

Responder

Aciclea Vieira - 06, outubro 2015 às (11:44)

Aione,amo narrativas em versos,quando através dessa resenha fiquei sabendo sobre a parte da narrativa do personagem Miles, a minha vontade de ler essa obra aumentou,pois já tenho o livro e com certeza o passarei a frente de outros.Que bom sobre as cenas eróticas não serem tão descritivas,pois também não gosto muito.Nossa, fiquei curiosa para saber quem é a personagem que lhe fez chorar com a narrativa ,que bom que no final você pode ser arrebatada pelo lado mais belo,sensível e emocionante e não pelo lado feio do amor.Beijos!!!!

Responder

Mari - 06, outubro 2015 às (14:29)

Nunca li nada da Colleen Hoover, mas tanta gente elogia a escrita dela que devo confessar que estou curiosa. O problema é que alguns livros tipo New Adult meio que me traumatizaram para ler algo do gênero (um deles inclusive eu quase taquei pela janela e coloquei isso na minha resenha haha) principalmente porque acho que as personagens femininas acabam não sendo bem trabalhadas e se tornam fracas. Espero que as protagonistas dessa autora não sejam assim. Vou acabar dando uma chance pra ela.

Responder

Diane Ramos - 06, outubro 2015 às (19:41)

Olá …
O livro parece ser bem interessante e também tem um título bem chamativo , mas , não consigo me envolver com essas narrativas eróticas , acho bem desnecessário …
Beijos

Responder

Maria Alves - 06, outubro 2015 às (20:11)

Ainda não li nenhum livro da autora, mas lerei em breve esse livro que ganhei em um sorteio, aguardando a entrega kk. Também não gosto quando tem apelo erótico, acho que tem que ter uma historia envolvida. Fiquei curiosa para saber sobre o passado de Miles, se é algo tão escabroso ou não kk.

Responder

MARIA JULIA DE BIASI - 06, outubro 2015 às (20:17)

estou louca por esse livro

Responder

Deborah Holerbach Alexandrias - 06, outubro 2015 às (20:47)

Oi Aione! Sempre quis ler um livro da Colleen, assim que soube do lançamento de O Lado Feio do Amor, um tempo depois até, procurei diversas resenhas sobre ele. E pude perceber em cada uma delas, a enxurrada de emoções que a autora fez seus leitores passarem, por causa dessa estória envolvendo o Miles.
Confesso que fiquei bastante curiosa quanto ao desfecho do livro com esse “romance” entre Miles e Tate. rs. Quero muito saber o final desse drama todo. Agora sim, com certeza irei procurar o livro para ler!
Beijos!

Responder

Beatriz Vanderlei - 07, outubro 2015 às (11:02)

Eu acho que Colleen Hoover, é uma das melhores escritoras da atualidade, sua escrita transborda sentimentos e nos faz viver a realidade do livro. Ainda não li “O lado feio do amor” mas são boas criticas em relação ao livro, e ja fui alertada as fortes emoções, mas como você mesmo disse não adianta muito se preparar hahaha.
Ótima resenha Aione e o blog ta de parabéns.

Responder

Suzzy Chiu - 07, outubro 2015 às (16:32)

Hello!
Como nao amar os livros da Colleen Hoover?
Ela é uma das minhas autoras preferidas e claroo que qdo chegou Ugly Love eu ja tava louca pra ler.
Uma pena que fizeram a tradução pessima do titulo para O Lado Feio Do Amor, preferiria deixar o nome em ingles.
E ao se ler um livro da Hoover, tem q estar preparada emocionalmente mesmo, pq mexem mtoo com a gente.
Acho que Arrebatador é uma palavra que mais se encaixa nos romances dela mesmo, pq sempreeee deixa a gente doidas..hehe
Beijos.

https://fuxixiu.wordpress.com/

Responder

Kerolyn Oliveira Chaves - 08, outubro 2015 às (12:55)

Oi, Aione tudo bem?

Também senti que uma terceira visão da história deixou tudo ainda mais intenso. Chorei horrores com isso.
A leitura é simplesmente incrível! Collen arrasa!

Beijos <3

Responder

Leticia Golz - 08, outubro 2015 às (14:05)

Oi, Aione
O livro começou parecendo que não seria tudo isso para você, mas que bom que este capítulo tornou mais emocionante a história. Ah, adoro esses livros com cargas emocionais que me fazem chorar, nem imaginei que este livro era para tanto. Agora quero ainda mais.

livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

Responder

Daiele - 09, outubro 2015 às (06:09)

Olá!

Acabei de concluir a leitura desse livro! Uaal, lindo!
Muitos suspiros durante a leitura, meu primeiro livro da Coleen, e já quero todos agora! haha

beeijo

Responder

natacha - 13, outubro 2015 às (20:07)

eu adorei o livro. vc se cativa mto rapido com os protagonistas. eu ja fazia ideia do “grande mistério” de miles…mas eu tinha imaginado algo maior (pior, na vdd)…mas por incrivel que pareça, quando foi revelado me emocionei mesmo assim. e realmente a voz de uma terceira pessoa foi incrível. e as ultimas decisões dos personagens achei super maduras. curti bastante!
bjao

Responder

Carolina Araújo - 15, outubro 2015 às (09:19)

Quando eu li Ugly Love, li temerosa, porque na época os comentários que se faziam era que a história tinha uma pegada ‘hot’. O que eu não esperava era essa leitura divertida, apaixonante e TÃO triste. A maneira como Colleen Hoover decidiu contar a história, intercalando passado e presente foi incrível! É um livro maravilhoso, mas ainda não ultrapassa Hopeless, meu favorito <3

Responder

MELHOR LIVRO DE Abril/16 – De mala e cuia - 03, maio 2016 às (16:02)

[…] Obs.: Como o livro foi lido no Wattpad, a foto destacada foi tirada do site http://minhavidaliteraria.com.br/2015/10/06/resenha-ugly-love-o-lado-feio-do-amor-colleen-hoover/ […]

Lara Xavier - 22, agosto 2016 às (12:49)

Amo o blog

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por