[Resenha] A Escolha - Kiera Cass | Minha Vida Literária
16

maio
2014

[Resenha] A Escolha – Kiera Cass

Título: A Escolha
Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Número de Páginas:  352
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante … Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois da última página é virada.

Quando li A Seleção, senti o encantamento produzido por essa distopia com ares de conto de fada. Contudo, minha admiração não foi muito além disso. Já ao ler A Elite, pude perceber, através do aprofundamento dos diversos indícios deixados no primeiro volume, o quanto a história se mostrava ser muito mais do que aparentava no início. E então, veio A Escolha para garantir o lugar da trilogia em minha estante de favoritos.

 

”Depois de tantos meses tentando conciliar o que eu queria com o que eu esperava, percebi (…) que nunca faria sentido. Tudo o que eu podia fazer era seguir em frente e ter a esperança de que, sempre que desviássemos do caminho, ainda conseguiríamos voltar um para o outro.”

página 94

 

Falar sobre a escrita de Kiera Cass seria redundância, levando-se em conta meus elogios nas resenhas dos livros anteriores. Ainda assim, não citá-la seria uma falha maior, já que mal se nota o virar das páginas durante a leitura, tal sua fluidez. Kiera prende o leitor com sua habilidade, e o envolve e o conquista por escrever com seu coração. As emoções, tanto as das personagens quanto as suas como autora apaixonada pelo que faz, estão impressas em suas palavras ao longo da trama. Entretanto, por mais admirável, não foi simplesmente sua escrita a responsável por fazer desse o melhor volume da trilogia, em minha opinião.
Com um enredo de tirar o fôlego, é praticamente impossível interromper a leitura. São acontecimentos, uns seguidos dos outros, capazes de surpreender e de dar ritmo à história. Perdi as contas de quantos momentos me vi em choque diante de alguma revelação ou de alguma situação inesperada, sobretudo nos capítulos finais. Ainda, Kiera Cass entrou para o time de autores que não tem dó de poupar seus personagens – e leitores -, então esteja preparado para altas doses de emoção. Sem dúvida alguma, A Escolha deixou sua marca como distopia sem perder, em momento algum, todo seu característico romantismo.

 

”Mas   nunca  senti   nada  que  fosse  tão  especial  como  aquele  beijo. Gostaria  que  fosse  algo  que  eu  pudesse pegar  com uma  rede ou  colocar  em um  livro. Gostaria que  fosse algo que  eu pudesse guardar  e, ao mesmo tempo, contar para todo mundo:  é isso, é assim que você fica quando se apaixona.”

página 307

 

Também, os diversos conflitos vividos por America foram um estímulo a mais para compor toda a adrenalina presente na obra. Suas dúvidas iniciais relacionadas ao triângulo amoroso envolvendo Maxon e Aspen foram modificadas e evoluíram para outro patamar; entretanto, foram seus questionamentos sobre o conflito entre seu caráter e suas necessidades a sua batalha interna que mais chamou minha atenção. Não apenas gostei de acompanhar suas reflexões, como, principalmente, aprovei suas decisões. America, certamente, tornou-se uma protagonista notória.

 

”A rainha se retirou, me deixando sozinha no Grande Salão. Subi no palco onde estava meu assento – quase um trono – e repeti minha fala mais uma vez. Tentei me convencer que aquilo não era grande coisa. As pessoas desrespeitavam aslei e iam para a cadeia o tempo todo. Seria uma pessoa entre milhares. E eu precisava ser perfeita.

A perfeição era minha única escolha.”

página  181

 

A maneira de como a autora trabalhou suas personagens, não apenas America, merece destaque. Pude compreender melhor algumas, ao passo que confirmei meu desprezo por outras, além daquelas pelas quais eu já havia me afeiçoado terem assegurado minha estima. Mas, sentimentos a parte, admirei a maneira de como Kiera Cass as construiu, fazendo delas mais complexas do que aparentam. Inclusive, parte da minha surpresa na obra se deu com a revelação do verdadeiro caráter de uma das personagens e, inesperadamente, me vi apegada a alguém que jamais supus ser capaz.
No resumo, a trilogia foi evoluindo, a meus olhos, a cada novo livro, tendo seu ápice logo ao final, para fechá-la com chave de ouro. Kiera Cass não decepcionou e, ainda por cima, nos deixou com um gostinho de “quero mais”. Esteja preparado para viver o paradoxo de se ansiar pelo final e sanar toda a curiosidade sobre a escolha de Maxon e o destino de America e Illéa, e, ao mesmo tempo, se lamentar pelo iminente e inevitável ponto final.




Deixe o seu comentário

37 Respostas para "[Resenha] A Escolha – Kiera Cass"

Manu Hitz - 18, maio 2014 às (10:44)

Aione, querida, sua resenha salvou essa distopia de ser desprezada na minha estante, rsrs… Depois de ficar curiosa com a estreia, os outros livros foram até um pouco criticados demais. Uma amiga não curtiu o final da Escolha e desanimei de vez…
Mas acho que vc, como eu, tb aceita finais coerentes com o desenrolar dos fatos – mesmo que não seja o final desejado, esperado ou tão especial… Gosto quando a coisa é real, que faça jus ao que foi escrito até então. Mais ainda quando é um final inteligente. Não sei se é o caso aqui – e nem quero saber por enquanto, rsrs, quero ler a trilogia. Mas é bom saber que vale a pena e que pode até virar favorito meu tb!
Bela análise, como sempre!

(Tem resenha novinha minha aqui: Ler para divertir. Te espero lá. Bj)

Responder

Aline Rodrigues - 19, maio 2014 às (12:43)

Oi Aione, eu estava esperando sair o ultimo livro para poder começar essa trilogia, pois já estou com tantas pela metade que fiquei com medo de deixar mais essa, agora é só pegar o primeiro e “correr para o abraço” rs
Bjos

http://reliquiasaline.blogspot.com.br/

Responder

Neny - 19, maio 2014 às (18:35)

So consigo pensar em uma coisa com quem Maxon fica, quem?????????????????
Este final de semana eu tenho que comprar o livro de qualquer jeito a curiosidade ja esta acabando comigo(EXAGERADA RS) eu amei os dois primeiros livros, e realmente saber que este é o fim da uma dorzinha no coração, mas quem sabe a autora não escreve outra serie dentro deste universo..virou moda isso mesmo rs, eu iria adorar,
beijos.

Responder

camila rosa - 26, maio 2014 às (02:42)

Oi Aione, tudo bem?
Eu ainda não li nenhum livro da trilogia, mas estou super ansiosa para ler, todo mundo esta falando tão bem, que eu não vejo a hora de ter todos os livros em mãos, ganhei A Seleção e estou esperando chegar, adorei a sua resenha.
Beijos!!!

Responder

Crislane Barbosa - 27, maio 2014 às (09:53)

Oi!
Mi, sua resenha está maravilhosa, mas infelizmente não posso concordar que a autora fechou com chave de ouro. :/
Muitas questões ficaram em aberto para mim.

SPOILER!
MAS a autora correu no final. Senti falta de algumas coisas. Como ficou a relação da America com a Lucy? O último momento delas foi quando a Lucy descobriu sobre a America e o Aspen. Tá, mas e como elas ficaram depois, já que a Lucy e o Aspen ficaram juntos no final? E a parte que o Aspen finalmente consegue dizer para a America que o que ele sente agora é só amizade!? Foi tão rápido, não deu nem para sentir a emoção. Como o Aspen se tocou que seus sentimentos pela America tinham mudado? A conversa entre os dois era para ter sido de um rompimento de laços amorosos, mas ficou tão frio.
E por que colocar a Anne apaixonada pelo Aspen, se ela ia morrer logo em seguida e ele ia fica com a Lucy de qualquer jeito?
E o perdão de Maxon para com a America ficou sem uma conversa. America não se explicou e nem se desculpou antes que ele viessem a se declarar novamente e pedir ela em casamento. Ela só ficou lá com cara de choro.
Ah! A morte da Celeste me doeu tanto. E foi tão fria. America só lembrou dela no dia do casamento. Aff! Que amiga é essa? E por que a Elise não foi a escolhida para morrer? Snif!
FIM DE SPOILER

Não faço ideia do que por que Kiera quis correr com esse final. A história como um todo é maravilhosa, mas que final corrido foi esse? :/

Beijão!

Responder

Aione Simões 27 maio 2014

Oi Cris!
Entendo sua frustração, mas acabei não tendo essa sensação que você teve. Não achei o final corrido e também não senti essas pontas soltas porque, na minha visão, certas coisas não precisavam de explicação.
Há pensamentos da America que demonstram a aprovação dela sobre o relacionamento da Lucy e do Aspen, o que indica que não houve nenhum abalo na relação delas. E como o livro narra a visão da America, é compreensível que não haja esse aprofundamento no motivo que levou o Aspen a ter seus sentimentos modificados. Para a America, bastou saber que ele não sentia a mesma coisa, e é isso o que a autora nos dá, porque essa é a visão que acompanhamos.
Sobre as decisões da autora de colocar as paixões e mortes, não é algo que precisava de uma lógica, mesmo que a autora soubesse o que faria em seguida. Na vida, as coisas não são lógicas e nem sempre têm um motivo pra acontecer. E a atitude da America, na verdade, me pareceu bem condizente. Durante o ataque e após, ela está inteiramente preocupada com Maxon. Mesmo que tenha sentido a morte de Celeste, não é sua maior preocupação no momento. E como temos um salto no tempo, direto para a cena do casamento, é só ali que teremos novamente a menção de Celeste.
De qualquer forma, essa é só minha opinião sobre os fatos hehehe!
Obrigada por compartilhar sua visão, sempre acho positivo haver esse debate sobre algum livro e essa interação entre os leitores!
Beijão!

Responder

Crislane Barbosa 29 maio 2014

Oi!
Mi também adoro esses debates onde podemos comparar nossas frustrações ou contentamentos. Ou até os dois.
Queria tanto que eu não tivesse essa sensação de que ficaram pontas soltas. :/
Fico imensamente feliz que você tenha gostado do final. Vi algumas pessoas gostaram, agora não sei se foram a maioria.

Beijão!

Responder

Karolyne K. - 28, maio 2014 às (21:32)

Ainda não li nada da série e estou até surpresa em não ter lido nenhum spoiler até agora no Facebook desse livro. Porque de outras séries sempre sei como terminar sem nem ter lido ainda =/ Espero comprar os livros logo para ler =)

Responder

Jack - 29, junho 2014 às (17:40)

estou bastante curiosa para ler a serie!!!! só pelas resenhas ( a seleçao e a elite) a serie da kiera cass parece ser otima!!!!
e bastante curiosa sobre “America”….Maxon,Aspen e todos os outros personagens!!!

obs: sei que nao tem nada a ver mais aki no blog tem resenha do livro “Um caso perdido” ????
estou doida pra ler

Responder

Aione Simões 29 jun 2014

Olá, Jack!
Pode conferir aqui a resenha de Um Caso Perdido 🙂
Beijão!

Responder

Verônica Cristina - 29, junho 2014 às (17:42)

Comprei a serie…. ( Muitooooo Feliz)
graças as resenhas posso ver que o livro ( a serie) é realmente muito boa!!!

A elite la vamos nós!!!

Responder

Edilza - 02, julho 2014 às (10:28)

Você foi uma das poucas pessoas que eu vi e que gostaram do final da trilogia.
Estou bem entusiasmada pra ler A Seleção, justamente por causa dessa escrita boa da autora, como você disse. Li o primeiro capítulo no computador e foi super rápido e envolvente.
Boa resenha! Bjs.

Responder

Regilene Dias - 02, julho 2014 às (11:58)

Eu já os dois primeiros livros agora estou curiosa para saber o que acontece no último livro da trilogia. Parece que o final da trilogia está muito boa como os dois outros livros.

Responder

Fernanda Costa - 02, julho 2014 às (12:06)

Nossa! Eu estou muito desinformada mesmo… Eu sempre vejo esses livros na internet e nas livrarias, mas não fazia ideia que se tratava de distopia, com essas capas tão fofas e lindas não podia nem imaginar hahaha…
Nunca me senti com vontade de ler livros com estilo “Conto de fadas” porque acreditava que não iria gostar, sempre fui do tipo que torcia para as vilãs sabe… Mas fiquei curiosa com esses livros da Kiera Cass, inicialmente pelo sucesso que está fazendo, e agora por ter descoberto que é distópico, esta foi a primeira resenha que li desse livro, dos outros livros da trilogia eu ainda não li nada. Mas confesso que senti uma pontinha de vontade de conhecer o tal Maxon e a America, vou ler o primeiro livro e quem sabe ele não me desperte o desejo de continuar lendo os demais… Adorei a resenha!

Responder

Eunice Ely - 02, julho 2014 às (12:24)

Quero muito ler… mas não leio resenhas dos livros seguintes, sem antes ler o livro a escolha… Odeio Spoiler ou qualquer coisa que fale algo dos primeiros livros… rs

Responder

Juu-Chan ;3 - 03, julho 2014 às (14:57)

OOOOOOOLÁ de novo, haha! Caraca, eu estou louca por este livro faz tanto tempo! Minha amiga leu A Seleção e diz que AMOU! Eu e ela temos os gostos meio parecidos, então constatei que posso gostar, uahsuhaasuh! Sua resenha está sensacional, como sempre! Gostei de saber que há bastante acontecimentos, um atrás do outro, sem enrolação. Sim, olha eu aqui de novo falando de enrolação, uahsuhauah! Eu ainda não li A Seleção, mas tenho o livro aqui em casa e pretendo lê-lo logo, logo! ♥ Olha, eu queria muuuuuito fazer um comentário gigaaaaaaaaante aqui, mas infelizmente mal li A Seleção, não sei se conseguirei debater com você certos acontecimentos, haha! Me desculpe por isso! Agora, estou indo conferir sua resenha da Boneca de Ossos! Sou looooouca por este livro, haha! <3

Um enoooooorme e grande beijo,

Juu-Chan || Nescau com Nutella

Responder

Sofia S. - 03, julho 2014 às (17:10)

Caramba! Você tirou as palavras da minha boca! Li essa trilogia tão rápido que até me surpreendi, precisei de apenas um dia para ler cada um, ou seja, em praticamente um final de semana eu já estava desejando mais e mais as aventuras de America. A Escolha foi, para mim, com certeza o melhor dos três, foram muitas emoções! O final já era esperado mesmo, mas, em certo momento, até comecei a duvidar de quem seria a futura esposa de Maxon, Kiera soube fazer direitinho com que nós nos perguntasse-nos “será que vai ser isso mesmo que vai acontecer?”. Ótima resenha, essa trilogia já está no meu coração <3 Beijos

Responder

Dayrelly Barroso - 03, julho 2014 às (19:25)

Oiii Aione,
Amei sua resenha, estava um pouco com medo de ler, quero muito ler a trilogia A Seleção, ja tenho dois livros e o terceiro esta pra chegar pra mim na semana que vem, quero começar ler quando tiver os tres em casa… uma coisa que eu amei nos livros são as perfeitas capas, meu Deus , uma mais linda que a outra. Achei legal você falando sobre autora e fiquei mais curiosa pra ler o livros dela agora..

Responder

Mônica Oliveira - 03, julho 2014 às (20:27)

Oi Aione !
Ainda não comecei a ler a trilogia mas já tenho os dois primeiros livros em casa aguardando chegar sua vez.
Confesso que a primeira vista A Seleção me ganhou pela capa: Uma das Belas já vistas na minha opinião, mas com o passar do tempo acompanhei o amor de vários leitores pela série que mostraram que vale a pena a leitura.
Como ainda não li, não posso opinar muito sobre a escrita da autora tão bem elogiada por você ou o amadurecimento dos personagens, mas acho que a trilogia fechou bem de acordo com as várias opiniões que presenciei.

Responder

João Victor Muniz - 03, julho 2014 às (22:53)

Essa trilogia está tão bem falada que estou muito afim de ler! Nunca li nenhum dos 3 mas já fico curioso pra saber a escolhida! hahah

Responder

Thallya Kelly - 07, julho 2014 às (14:09)

aaai moça, estava ansiosa por essa resenha, eu adorei os outros dois livros e so me falta esse A escolha para completar a triologia, mais eu não sabia se teria um bom final ou como seria por isso esperei a resenha. E a sua resenha foi muito boa e todos que ja leram me dizem que tem um bom final, que fechou com chave de ouro… enfim louca pra ler esse livro. beijo querida *–*

Responder

Denise - 07, julho 2014 às (15:49)

Puxa se você aprovou as escolhas da América eu já fico mais tranquila hahaha, é bom saber que ela meio que ”amadureceu” nesse ultimo livro porque eu já tava cansando de tanta indecisão e de tanto ”tempo” kkkk que venha A ESCOLHA *u*

Responder

Karoline Souza - 08, julho 2014 às (01:24)

A trilogia A Seleção é com certeza meus livros favoritos!! Não tenho nem palavras para expressar meu amor por ela <3 Simplesmente amo. A tia Kiera é muito Diva, escrita maravilhosa e rápida de ler. Concordo com tudo que você falou. Adorei a Resenha!!

Responder

ELIZABETH MACHADO SALLES - 08, julho 2014 às (16:43)

Essa série pra mim é uma das mais lindas que li. Não vejo a hora de poder conferir tudo que li na resenha. Estou na torcida pelo príncipe. Tomara que ele vença essa. Ele merece ficar com a America. Beijos.

Responder

Juliana Holdefer - 09, julho 2014 às (11:38)

Eu acho e disse para minhas amigas de que o final tinha sido corrido, mas mesmo assim, o livro é muito bom *-* Pena que a Kiera não explorou ao fundo essa coisa distópica que o livro deveria ter sido! A série é maravilhosa, eu amo de coração, mas esperava mais do livro final. XoXo J.

Responder

Nikaelly Bernardes - 09, julho 2014 às (14:30)

Olá Mione!
Confesso que até hoje não li essa trilogia. Mas, de qualquer forma, estou surpresa por essa resenha positiva (confesso que foi a primeira que vi)! Vi seus comentários sobre os livros anteriores, e fico feliz pela autora ter desenvolvido ainda mais os personagens. Beijos!

Responder

Bianca Feroldi - 09, julho 2014 às (16:28)

Olá! Tive a portunidade de ler o livro em ebook, mais fiquei confusa com algumas coisas… além de gostar da autora e da história, achei que faltava algo entre a America e alguns personagens!
Mas concordo com sua resenha, a autora consegui na minha opinião essas duvida e fechou com chave de ouro.
Beijos

Responder

Aline Ramos Costa - 12, julho 2014 às (02:00)

Aione,eu amo essa trilogia. Ela é linda,envolvente, me prendeu a cada página..com certeza eu recomendo.A América me conquistou finalmente nesse livro.Minha única ressalva, é que achei o a parte entre a escolha e coroação muito corrida..fiquei com aquela pergunta na cabeça “Se não tivesse ocorrido isso, ele segueria em frente com a decisão que tinha tomado??”
Sua resenha ficou incrível tb,conseguiu captar o livrosem entregar o final.
bjs

Responder

Ana Lídia - 12, julho 2014 às (02:55)

Já li os dois primeiros livros dessa série e quero muuuuuito ler o terceiro. Me envolvi com a história da America,que comecei a ler, confesso, sem muitas expectativas,e me surpreendi positivamente ao longo dos dois livros que eu li. Eu gosto bastante da narrativa da autora e mal posso esperar pra ler o último *-*

Responder

Camila - 12, julho 2014 às (03:11)

Eu simplesmente adoro essa trilogia, me apaixonei desde o começo e estou ansiosa para saber o final !!
Sua resenha me deixou mais eufórica ainda, já que tenho muitas duvidas a serem esclarecidas e espero que não fique decepcionada.
Ótima resenha, bjs

Responder

tamiris guimaraes - 17, julho 2014 às (20:07)

Ameii a resenha… quero logo ler ele… 🙂

Responder

Marina - 17, julho 2014 às (21:01)

O melhor livro da trilogia. Concordo quando você disse sobre o crescimento da obra, pois é claramente visível que tanto a trilogia quanto a Kiera cresceram nesses dois anos. Amei a resenha

Responder

Milena Soares - 19, julho 2014 às (13:04)

Ainda não li nenhum livro dessa série, estou bastante interessada em ler, assim que terminar três que estou lendo, esta já esta na fila, na minha lista de leitura.

Responder

Andreana - 24, julho 2014 às (17:18)

Oii, já li A Seleção e A Elite, e estou louca para terminar a trilogia que entrou para uma das minhas favoritas.
Fico feliz em saber que as dúvidas iniciais de America relacionadas ao triângulo amoroso envolvendo Maxon e Aspen foram modificadas e evoluíram para outro patamar, porque meu Deus né?
Quanto a escrita da Kiera, concordo com você, ela nos prende de verdade!!

Responder

Brenda Andrade - 26, agosto 2014 às (21:58)

Sabe que eu não achei o final de A Escolha tão perfeito assim? Amei a coleção no geral: a pegada fashion, as festas, o romance, a distopia que era pano de fundo…. mas notei algumas lacunas na conclusão, que na minha opinião foi muuito corrida. Primeiro, a morte do pai de América e de personagens tão queridos no final da história – sem sentido e o pior, não teve o luto que mereciam. Depois, o fim de América e Aspen com a descoberta de que o antigo amor da protagonista já estava em outra – e eu juro que não esperava que fosse (SPOILER, SPOILER, SPOILER) Lucy, embora já tivesse cogitado. Achei que esse novo casal foi quase um improviso da autora, como se quisesse se livrar logo da responsabilidade de construir a história dos dois. Terceiro, o fato de (SPOILER) Kriss e o pai de América serem rebeldes foi tão pouco aproveitado…. achei que teria alguma relevância na história, mas ao fim não aconteceu nada. E por último, fiquei sem entender como Maxon pode perdoar América tão rapidamente (no mesmo dia que a pegou no flagra!) sobre as mentiras que ela disse! Assim, ele também não foi um santo (pegou todas as meninas em A Elite e no último livro, e mesmo assim continuou com a pinta de homem apaixonado), então à beira da morte, acho que ele relevou o que América fez, sabe? Pra mim essa foi a única explicação lógica, porque a autora deixou isso muito em aberto. Enfim, acho que se fizessem um filme decente desse livro e caprichassem no figurino e até no cenário, poderia até ganhar um Oscar e tal, mas é claro que não deveria ser um longa feito de qualquer jeito como os filmes de muitas sagas que vemos por aí.

Responder

ANIELLY RAYANE - 02, outubro 2014 às (22:50)

oiii Aione amoo essa trilogia,tem romance ,conflitos,intrigas kkkkkk,um príncipe lindo…..
o final eu não gostei muito acho que a kiera deveria ter mostrado mas os detalhes ,mesmo assim fico feliz que a America ficou com o maxon (lindos os dois S2).!!….

Responder

Fe Fernanda - 29, janeiro 2016 às (14:31)

Simplesmente amo

Responder

Últimas Resenhas

Calendário de posts

maio 2014
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por